Rafael Pereira bate o recorde sul-americano dos 60 m com barreiras

Rafael Henrique com o mascote Berlino

O barreirista Rafael Henrique Campos Pereira, de 24 anos, quebrou nesta sexta-feira (4/2) o recorde sul-americano dos 60 m com barreiras no ISTAF Indoor-2022, realizado na Arena Mercedes-Benz, em Berlim, Alemanha. Ele venceu a segunda série semifinal com o tempo de 7.58. Na final, ficou em terceiro lugar, com 7.68, mesmo tempo do vice-campeão Koen Smet (NED). O campeão foi o francês Aurel Manga, com 7.62.

O recorde continental anterior era de 7.60 e pertencia desde o dia 15 de fevereiro de 2004 a Márcio Simão de Souza e desde 17 de fevereiro de 2018 a Gabriel Constantino.

Com o resultado, Rafael ratificou o índice para o Campeonato Mundial Indoor, que será disputado de 18 a 20 de março, em Belgrado, na Sérvia.

Nascido no dia 8 de abril de 1997, em Belo Horizonte, o atleta é treinado por Mauro Roberto Fonseca França desde 2011. Rafael é o atual campeão sul-americano dos 110 m com barreiras, com a marca de 13.35 (0.7), obtida no ano passado em Guayaquil, no Equador.

"O Rafael é um menino muito responsável e dedicado. Desde o fim dos Jogos Olímpicos de Tóquio, em agosto do ano passado, ele iniciou a preparação para a temporada 2022, especialmente para os dois Mundiais", comentou Mauro França, referindo-se tanto a Belgrado como ao Mundial de Eugene, Estados Unidos, que será disputado de 15 a 24 de julho.

O atleta treina três vezes por semana no CTE da Universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte, e improvisa nos outros dias com barreiras de PVC em Contagem e em Betim, cidades da Grande BH. Ele viajou para a Europa com a ajuda de uma empresa esportiva, que pagou as passagens, mas Rafael terá de reembolsar depois os valores gastos.

No Sul-Americano de Guayaquil, Rafael Pereira ficou a três centésimos de segundo do índice olímpico nos 110 m com barreiras, mas acabou convocado para Tóquio pelo Ranking de Pontos da World Athletics. Ele é também o atual campeão da prova no Troféu Brasil de Atletismo.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

To Top