Luger georgiano se inspirou no primo morto em 2010 para competir em Pequim



O luger georgiano Saba Kumaritashvili se inspirou no primo georgiano morto em 2010 para competir em Pequim.

Nodar Kumaritashvili morreu durante uma sessão de treinos da modalidade horas antes da cerimônia de abertura nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010, em Vancouver, após perder o controle e se chocar com uma coluna na pista.

Aos 21 anos, mesma idade em que Nodar morreu, Saba disse que a tragédia da família inspirou aos primos para competir nos Jogos de Inverno.

Saba, que terminou em 31º lugar geral na prova, falou que: "Penso sobre Nodar o tempo todo."

"Todos na minha familia estão no luge e não queria que o esporte morresse na Geórgia. Queria que ele prosseguisse."

Saba tinha apenas 9 anos quando Nodar morreu. Ainda assim, o georgiano diz que ele é a razão de seguir competindo.

O ouro na modalidade foi para o alemão Johannes Ludwig, que venceu a prova neste domingo (6).

Foto: AFP/Daniel Mihaiilesco
Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top