FIVB tira da Rússia, jogos da Liga das Nações; Mundial masculino está mantido


A FIVB (Federação Internacional de Vôlei) divulgou uma nota neste sábado (26), informando a decisão de tirar da Rússia, jogos da Liga das Nações feminina e masculina, devido a situação na Ucrânia. A nota porém, afirma que o Campeonato Mundial masculino, previsto para agosto e setembro se mantém no país.


Uma das sedes da Liga seria a cidade de Ufa, onde a seleção brasileira feminina jogaria contra as anfitriãs na última semana da primeira fase. No masculino, a cidade de Kemerovo receberia no mês de julho, algumas seleções, como a Polônia, aliada da Ucrânia. Até a publicação dessa matéria, não forma divulgadas novas sedes. 


A Liga das Nações tem o torneio divido em duas fases, sendo que a fase final tem sede fixa e a fase inicial é separada em três semanas com seis sedes. A cada semana, os 16 países são separados em dois grupos, cada um em uma sede diferente.


Pouco antes da divulgação do comunicado, a Federação Francesa de Vôlei afirmou que irá se retirar do Mundial, se este se manter na Rússia. A França é a atual campeã olímpica.


Alguns eventos já foram retirados da Rússia, como o Grande Prêmio de Formula 1, a final da Liga dos Campeões e o Grand Slam de Kazan de judô. 


A cidade de Brasília receberá jogos dos dois torneios no mês de junho. 

Foto: Divulgação/FIVB

Postar um comentário

To Top