Em grande virada, Noruega leva o ouro no revezamento masculino do biatlo

Vetle Christiansen ergue um braço para comemorar. Ele veste uma malha verde com um coleta azul com o número 1 por cima

A Noruega conseguiu uma grande virada para conquistar a medalha de ouro do revezamento 4x7,5 km masculino do biatlo nos Jogos Olímpicos de Inverno Pequim 2022. A equipe do país, composta por Strula Laegrid, Tarjei Boe, Johannes Boe e Vetle Christiansen (foto acima), saiu de um sétimo lugar para vencer a prova. A França ficou com a prata e o Comitê Olímpico Russo (ROC) levou o bronze, após perder o ouro na última sessão de tiros.

A equipe norueguesa começou o revezamento  com Strula Laegrid. O atleta tem tido um desempenho ruim na Olimpíada e se complicou na sessão de tiros deitado tendo que usar as três balas extras e ainda ter que cumprir uma volta de punição. Enquanto isso, Said Kahlili acertou todos os alvos para colocar o Comitê Olímpico Russo na liderança. 

O time russo, que também tinha Alexander Loginov, Maxim Tetskov e Eduard Latypov, foi dominando a prova. Loginov e Tetskov passarem sem erros pelos tiros. Quando Latypov entrou na prova, ele tinha 41 segundos de vantagem para a equipe da França.

A queda russa veio na última sessão de tiros. Latypov teve um péssimo desempenho e só conseguiu acertar três dos alvos, mesmo usando todas as balas reservas. Enquanto o russo cumpria a volta de punição, ele viu Vetle Christiansen acertar todos os cinco tiros e recolocar a Noruega na primeira posição. A equipe do país completou a prova em 1:19:50.2, levando o ouro.

A França, com Quentin Fillon Maillet (que conquistou sua quinta medalha em Pequim), também passou o Comitê Olímpico Russo após a última rodada de tiros, terminando na segunda colocação, 27 segundos atrás dos noruegueses. Ao time do ROC, restou apenas a medalha de bronze.

Foto de capa: Kim Hong-Ji/Reuters

Postar um comentário

To Top