Quarteto brasileiro fica em 23º lugar na Copa do Mundo de Bobsled na Suíça


O Brasil fez neste domingo (16) a sua última prova de bobsled antes dos Jogos Olímpicos de Inverno Pequim 2022. Edson Bindilatti, Erick Viana, Rafael Souza e Edson Martins competiram no four-man (o trenó para quatro atletas) na etapa de Saint Moritz (SUI) da Copa do Mundo da modalidade, terminando na 23ª colocação.

Os brasileiros fizeram sua única etapa de Copa do Mundo na temporada. A largada da prova não foi tão boa, com o quarteto fazendo apenas o 21º melhor tempo de push. A descida não teve sustos, mas o trenó não conseguiu desenvolver uma velocidade que permitisse que a equipe se classificasse para a segunda descida, com o Brasil ficando na 23ª colocação com um tempo de 1:06.27.

A vitória em Saint Moritz foi do trenó da Letônia, com Oskars Kibermanis (piloto), Davis Springs, Matiss Mikins e Edgars Nemme. A equipe fez o mesmo tempo de 1:04.69 nas duas descidas, vencendo com um total de 2:09.39.

O trenó principal da Alemanha, pilotado por Francesco Friedrich terminou na segunda colocação. Os alemães conseguiram quebrar o recorde da pista na segunda descida com 1:04.66, mas acabaram ficando 16 centésimos atrás dos letões no total. A medalha de bronze ficou com a Rússia, com o trenó pilotado por Rostilav Gaitiukevich. 

A etapa em Saint Moritz também definiu os campeões europeus de bobsled e skeleton, com a classificação sendo definida pelos resultados da etapa, excluindo os atletas não-europeus. Como o pódio não teve atletas de outro continente, as medalhas foram para os três primeiros colocados.

O título geral ficou com Francesco Friedrich. O alemão já havia garantido a primeira posição antecipadamente após vencer as outras sete provas da temporada.

Pódio 100% alemão no two-woman

Atletas alemãs posam para foto no pódio segurando suas medalhas
Alemãs no pódio em Saint Moritz - Foto: Vietrus Lacis/IBSF
No feminino, a Alemanha fez o pódio completo no two-woman. A vitória em Saint Moritz foi de Kim Kalicki e Lisa Buckwitz com 2:15.50 na soma das duas descidas na pista. Mariama Jamanka e Kira Lipperheide ficaram com a prata e Laura Nolte e Deborah Levi com a medalha de bronze. O pódio do Campeonato Europeu foi o mesmo. 

O título geral da Copa do Mundo ficou com Elana Meyers Taylor, a principal piloto dos Estados Unidos, com 1505 pontos. Ela já havia vencido o circuito do monobob e garantiu a liderança final no two-woman com um quinto lugar na Suíça, competindo com Kaysha Love como sua breakwoman

Taylor e Love seguram os seus troféus da Copa do Mundo
Meyers-Taylor e Love com os troféus da Copa do Mundo - Foto: Vietrus Lacis/IBSF

Fotos: Vietrus Lacis/IBSF

Postar um comentário

To Top