Medvedev vira de forma histórica e está na semifinal do Australian Open

De verde, Medvedev se prepara para rebater a bola que está quicando no chão azul

O russo Daniil Medvedev, número dois do mundo, virou de forma espetacular contra o canadense Auger-Aliassime e conseguiu a classificação para a semifinal do Australian Open. Melhor ranqueado do simples masculino após a exclusão de Djokovic, o russo começou perdendo por dois sets e enfrentou dois tie-breaks para conseguir a classificação.


Aliassime viu um Medvedev cauteloso e defensivo no começo do jogo, conseguindo abrir 2 a 0, com 7 a 4 no tie-break do primeiro e 6 a 3 no segundo. O canadense estava melhor e chegou muito perto da vitória no terceiro set, mas Medvedev conseguiu e venceu o tie-break por 7 a 2 pra se manter no jogo.


No quarto set, o canadense teve a bola do jogo para fazer 6 a 4 e levar a vaga, mas um saque de 213 km/h salvou Daniil e ele conseguiu empatar o set, levando-o até o 12º game, quando aproveitou erros de Aliassime e deixou o jogo em 2 a 2.


Medvedev foi mais agressivo no quinto set e conseguiu abrir vantagem, mas viu que o cenário do quarto set podia se repetir, ao levar 40 a 15 no último e conseguir virar para finalmente alcançar a vitória.


Seu adversário na semifinal será o grego Stefanos Tsitsipas, número quatro do mundo. Ele não tomou conhecimento do italiano John Sinner e o derrotou por 3 sets a 0, parciais de 6/3, 6/4 e 6/2. 

Definidas as semifinais do torneio feminino

Na disputa feminina, a polonesa Iga Swiatek venceu de virada a estoniana Kaia Kanepi e passou para a semifinal, sendo junto de Ashleigh Barty (GBR), as únicas duas semifinalistas a estarem no top-10 do ranking.


A número nove do mundo chegou a levar um susto no começo do jogo e perdeu o primeiro set por 6 a 4. Ela saiu em busca da reação, mas a estoniana conseguia manter o ritmo e dificultar o jogo, mesmo assim, Iga venceu o segundo set no tie-break por 7 a 2. 


Melhor e agora contado com um pouco de cansaço de Kanepi, Swiatek levou o set desempate por 6 a 3. Na semifinal, a sua adversária será a norte-americana Danielle Collins, número 30 do mundo, que derrotou a francesa Alize Cornet.


Collins teve um primeiro set difícil, vencendo por 7 a 5, em uma parcial muito equilibrada. No segundo, Cornet jogou mal e  com um 6 a 1 na parcial, a norte-americana pode se garantir tranquilamente na semifinal em Melbourne, que ela não frequentava desde 2019. 


As semifinais acontecerão na quinta, a partir das 05h30 da manhã, com transmissão da ESPN 2 e do Star +.


Foto: Loren Elliott/ Reuters

Postar um comentário

To Top