Hugo Calderano faz história e chega ao top 3 do ranking mundial de tênis de mesa

Hugo Calderano no WTT do Catar

Hugo Calderano escreveu mais um importante capítulo na história do tênis de mesa: neste domingo (30), o carioca de 25 anos apareceu na inédita terceira posição do ranking mundial, mais alto posto já ocupado por um atleta das Américas em todos os tempos.

Hugo tem à sua frente na lista apenas os principais mesa-tenistas chineses da atualidade: Fan Zhendong, líder do ranking e recentemente coroado campeão mundial, e Ma Long, bicampeão olímpico e tri do Mundial.

Há 45 meses seguidos no Top 10, Hugo ganhou uma posição em relação às primeiras listas de 2022 graças à atualização na formação do ranking. A partir desta semana, apenas 20% dos pontos conquistados até dezembro de 2020 serão somados aos acumulados no ano passado, o que beneficia os melhores atletas do momento, como no tênis.

Assim, a regularidade dos bons resultados de Hugo nas principais competições internacionais passa a ter ainda mais peso no seu ranqueamento. A consistência foi uma marca do brasileiro ao longo da última temporada, o que lhe deu vantagem na disputa por posições com grandes nomes do circuito, como os chineses Xu Xin e Lin Gaoyuan, o japonês Tomokazu Harimoto e Lin Yun-Ju, de Taipei.

Em 2021, Hugo foi campeão do WTT Star Contender Doha, sua mais relevante conquista internacional até aqui, e do Campeonato Pan-Americano. Ele também alcançou as quartas de final nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 e no Campeonato Mundial, estabelecendo os melhores resultados do Brasil na história de ambas as competições.

O carioca ainda levou a medalha de bronze no WTT Cup Finals, evento que reúne os melhores do ranking para o fechamento da temporada.

O próximo compromisso de Hugo será de terça (1º) a quinta-feira (3), quando defenderá sua equipe, o Fakel Gazprom Orenburg, na terceira rodada da Liga Russa.

No ranking feminino, Bruna Takahashi subiu sete posições e está na 32ª colocação, a melhor posição de uma brasileira na história.

Foto: WTT
Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top