Dora Varella e Yndiara Asp vencem troféu Fair Play por participação na Olimpíada de Tóquio

Dora Varella e Yndiara Asp posam com seus skates



O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta sexta-feira (7) o prêmio de Fair Play para Dora Varella e Yndiara Asp, dupla que esteve entre os 12 skatistas que formaram a Seleção Brasileira Olímpica de Skate nos Jogos de Tóquio.


Elas se juntaram a outros cinco nomes da modalidade, que levaram a premiação de forma coletiva. Sakura Yosozumi e Kokona Hiraki, do Japão, Sky Brown, do Reino Unido, Poppy Olsen, da Austrália, e Bryce Wettstein, dos Estados Unidos também foram lembrados pelo COI.


Em comunicado, a entidade afirmou que a premiação se deve a “uma extraordinária demonstração de espírito esportivo durante os Jogos Olímpicos”. Ao longo do evento, a solidariedade entre os atletas e o clima leve das pistas foram um dos destaques de Tóquio 2020.


Especificamente ao grupo, foi lembrado o momento em que as atletas mostraram apoio à skatista Misugu Okamoto, de 15 anos, que perdeu a medalha olímpica após uma queda na última tentativa. Okamoto foi levantada nos ombros das colegas, em uma das cenas mais marcantes dos Jogos.


O prêmio foi entregue pelo International Fair Play Committee (IFPC), órgão criado pelo COI em 1963 e que, a partir dos Jogos de 2008, em Pequim, passou a distribuir a honraria a participantes dos eventos.


Em agosto de 2021, Rayssa Leal já havia sido eleita em votação online promovida pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) como a atleta que melhor representou o Espírito Olímpico nos Jogos de Tóquio, entre todas as modalidades.


A estreia do skate brasileiro nas Olimpíadas foi marcada pelas pratas de Kelvin Hoefler (primeira medalha do Brasil em Tóquio), Rayssa Leal (mais jovem brasileira a conquistar uma medalha olímpica) e Pedro Barros.


Foto: Miriam Jenske/COB


Postar um comentário

To Top