Bia Haddad Maia e Anna Danilina lutam mas perdem de virada e ficam com o vice-campeonato do Australian Open

Bia Haddad Maia, de laranja e Anna Danilina, de azul escuro, conversando ao pé do ouvido na final do Australian Open

Bia Haddad e Anna Danilina (CAZ) foram derrotadas neste domingo (30) para a dupla número um do mundo, Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova, da República Tcheca, por 2 sets a 1 e ficaram com o vice-campeonato do Australian Open, dando fim a melhor campanha de uma brasileira em duplas femininas em Grand Slam desde 1968, com Maria Esther Bueno em Wimbledon. 


A parceria com Danilina foi formada no início de janeiro, antes, Bia faria dupla com a argentina Nadia Podoroska, que se lesionou. Mesmo feita de última hora, as duas fazem uma grande parceria, chegando a duas finais consecutivas.


Com o despenho em Sydney e em Melbourne, Bia passa para o top-70 do ranking de duplas, posição melhor em relação ao ranking de simples. A derrota na final, deu fim a uma sequência de nove vitórias consecutivas da dupla.


Em diversos momentos do jogo, a dupla cazaque-brasileira teve o apoio da torcida presente na Rod Laver Arena. 


As tchecas em muitos momentos se irritaram pela dificuldade de enfrentar Bia e Danilina, mas no final, as atuais campeãs olímpicas e de Roland Garros saíram com o título. Elas também tem no currículo, o torneio de Wimbledon. 


O jogo

1ºset

Com boa movimentação de Danilina, a dupla cazaque-brasileira quebrou o serviço no terceiro game e confirmou no seguinte, abrindo 3 a 1 no placar. Bia sacou muito bem e do outro lado Krejcikova errava muito nas devoluções, com isso Bia e Danilina deixaram a parcial em 4 a 2.


Siniakova reagiu por ela e a dupla e conseguiu quebrar o serviço para empatar a partida em 4 a 4, para logo em seguida confirmar o saque e virar o set. Sacando forte (172 km/h) e respondendo bem os contra-ataques tchecos, Bia empatou a parcial.


O empate seguiu até o 12º game e no tie-break, a brasileira foi impecável e venceu por 7 a 3, levando o set.


2ºset

O primeiro game foi muito disputado e acabou com as tchecas quebrando o serviço após dois break points. Bia e Danilina chegaram perto de devolver a quebra no quarto game, mas perderam a oportunidade e a dupla europeia abriu 3 a 1 na parcial.


A dupla cazaque-brasileira encostou no placar, dificultando o jogo para Krejcikova e Siniakova, mas as tchecas conseguiram fechar o set em 6 a 4.


3ºset

O set desempate foi o que começou mais equilibrado, com as duas duplas confirmando seus serviços até o quinto game, quando as tchecas quebraram o serviço de Bia e Danilina e fizeram 3 a 2. 


Foi nesse momento, que Krejcikova e Siniakova jogaram melhor como dupla e quebraram mais um serviço, levando a parcial para 5 a 2. A dupla cazaque-brasileira chegou a devolver a quebra, diminuindo a vantagem para apenas um game. 


Mesmo com a reação e Siniakova errando mais, as tchecas fecharam o set em 6 a 4 após 2h42 de jogo e conquistarem o terceiro Grand Slam juntas.


Foto: Morgan Sette/ Reuters

Postar um comentário

To Top