Ex-campeão mundial do arremesso de peso morre aos 52 anos


O ex-campeão mundial de arremesso de peso, o estadunidense C.J. Hunter, morreu no último dia 29 de novembro. A informação foi da associação estadunidense de treinadores de arremessadores.

O arremessador foi campeão mundial em 99 e vice em 97. Na sua única participação olímpica, ficou em 7º lugat em Atlanta 1996.

Em 2000, ele iria participar dos Jogos Olímpicos, mas alegando contusão no joelho, desistiu da disputa. Mas dias depois, o Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou que ele foi flagrado quatro vezes no controle antidoping antes dos Jogos para a substância nandrolona.

O estadunidense, que teve que entregar as credenciais ao COI após o anuncio, negou sempre que tenha tomado o anabolizante. De acordo com o fornecedor do suplemento de Hunter, o problema foi um suplemento com ferro que continha precursores da nandrolona.

Hunter, de 52 anos, foi esposo da velocista estadunidense Marion Jones até 2002. O ex-atleta depôs no escândalo de doping que envolveu Jones e confirmou que ela se dopava bem antes dos Jogos de 2000. Como consquência, Jones perdeu a medalha que ganhou em Sidney e foi condenada a 6 meses de cadeia por mentir sob juramento para agentes federais.

Não foi informada a causa da morte de Hunter.

Foto: Diuvlgação

0 Comentários