Brasil conquista um ouro e dois bronzes no Mundial de Parataekwondo, na Turquia



No primeiro dia de combates do Mundial de parataekwondo 2021, realizado em Istambul, capital da Turquia, a Seleção Brasileira da modalidade já atingiu o seu melhor resultado da história da competição ao conquistar a medalha de ouro com Silvana Fernandes, na categoria até 58 kg, e dois bronzes, com Cristhiane Neves (até 52kg) e Nathan Torquato (até 63kg).

Até então, a melhor marca do país havia sido no Mundial 2019, em Antalya, também na Turquia, com o ouro de Débora Menezes, na categoria acima de 58kg, e o bronze de Cristhiane Neves (até 58kg), que subiu consecutivamente ao pódio agora.

Silvana, que tem má-formação congênita no braço direito, conquistou uma das três medalhas inéditas do país nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, quando a modalidade estreou no programa do megaevento paradesportivo. Foi bronze, também na categoria até 58 kg.

No Mundial da Turquia, Silvana Fernandes precisou superar a russa Raganina Karina (28 a 0), e as turcas Tugce Sen (24 a 1) e Gamze Gurdal (15 a 12) para ficar com a medalha de ouro.

Outro medalhista no Japão, com o ouro na categoria até 61kg, Nathan Torquato eliminou o conterrâneo Hiury Martins (7 a 0) e Zukhriddin Tokhirov, do Uzbequistão (24 a 5), antes de sofrer uma lesão na semifinal e ser obrigado a abandonar a luta.

No duelo diante o atleta Bolor Ganbat, da Mongólia, o brasileiro, que nasceu com uma má-formação no braço esquerdo, sentiu uma lesão no joelho sofrida na luta anterior quando já perdia por 8 a 0 e não teve condições de continuar. Com isso, acabou com a medalha de bronze, já que não há disputa de terceiro lugar na competição.

A potiguar Cristhiane Neves, na categoria até 52kg, também foi derrotada na semifinal e conquistou a outra medalha de bronze para o Brasil no dia. Perdeu por 28 a 7 para a russa Anna Poddubskaia após aplicar 24 a 0 na turca Emine Altun pelas quartas de final.

Outros brasileiros que lutaram neste sábado no Mundial, Miriam Pio (até 47kg), Maria Eduarda Stumpf (até 52kg), Fabrício Marques (até 58kg) e Hiury Martins (até 63kg) foram derrotados nas fases preliminares.

Neste domingo, 12, a Seleção Brasileira de taekwondo entrará em quadra com mais nove atletas. Destaque para Débora Menezes, na categoria acima de 65kg, medalhista de prata nos Jogos de Tóquio.

Foto: Divulgação/CBTKD

Postar um comentário

To Top