Campeão olímpico em 2004, Ricardo será técnico de dupla italiana até Paris 2024 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Campeão olímpico em 2004, Ricardo será técnico de dupla italiana até Paris 2024

Compartilhe


O campeão olímpico em Atenas 2004 e um dos atletas mais vencedores da história do vôlei de praia, Ricardo Santos, será o treinador da dupla italiana Adrian Carambula e Enrico Rossi a partir de 2022.

Os primeiros trabalhos iniciarão em janeiro e o principal objetivo traçado pelo agora treinador Ricardo e a dupla italiana são os Jogos Olímpicos de Paris 2024.

Ricardo como jogador conquistou três medalhas olímpicas, uma de cada cor, e atuou pela última vez no Circuito Mundial em março de 2019, mas não se aposentou como atleta. O atleta ainda compete no Circuito Americano de Vôlei de Praia.

“Ele foi um vencedor como jogador, então sei que ele tem a fórmula para construir uma equipe vencedora. Ele tem muita experiência e, para nós, é uma honra. A primeira vez que pesquisei uma partida de vôlei de praia no Google, o primeiro vídeo que cliquei foi dele e do Emanuel jogando a final olímpica de Atenas 2004 contra a Espanha. Portanto, Tê-lo como nosso treinador é um privilégio e uma honra, e assim que oficializamos isso nos deu muita energia, Mal podemos esperar para começar”, disse Carambula.

“Só quero dizer que estou muito feliz por ter Ricardo como treinador, porque para mim e para todos ele é uma lenda. Minha mãe é do Brasil, então eu sou meio-brasileiro, e quando era mais novo vi algumas partidas dele com meu pai. Agora é incrível que depois de 15 anos ou mais eu tenha Ricardo como treinador. Mal posso esperar para começar”, disse Rossi exaltando suas raízes brasileiras.

As primeiras atividades da equipe serão em solo brasileira, em João Pessoa.

Ricardo também comentou suas expectativas da nova parceria: “Carambula me convidou para fazer parte dessa aventura, visando Paris 2024. Tenho treinado nos Estados Unidos e a oportunidade de voltar ao nível internacional em uma nova função me tocou muito. Tenho certeza de que será uma experiência incrível e farei meu melhor para formar uma equipe ainda mais forte. Acho que o desafio de melhorar como treinador é o que mais me motiva. Acredito que posso ter uma carreira de sucesso como treinador, principalmente com esta equipe. Não ouvi nada além das grandes coisas sobre os jogadores e isso só me deixou nais confiante e animado com esta oportunidade”

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário