Brasil joga bem e vence Chile na estreia das eliminatórias das Américas para a Copa do Mundo de basquete





O Brasil estreou com a mão direita nas Eliminatórias das Américas para a Copa do Mundo de 2023, vencendo o Chile no estádio do Obras Sanitárias, onde foi montada a bolha para os confrontos do grupos A e B. Na partida que também marcou a estreia de Gustavo de Conti no comando técnico da seleção, os pivôs se destacaram nos pontos e nos rebotes, com o Brasil venceu o Chile por 77 a 53.


Lucas Mariano foi o cestinha brasileiro com 18 pontos marcados em 14 minutos. Bruno Caboclo também foi destaque com 14 pontos e 13 rebotes. Cristiano Felício com 12 pontos e 9 rebotes e Vítor Benite com 10 pontos, também se destacaram. Pelo Chile, Manuel Arroyo e Manuel Suarez foram os cestinhas com 11 pontos cada. 


O jogo



O Brasil, que começou o jogo com Yago, Georginho, Vitor Benite, Lucas Dias e Cristiano Felício, tomou um susto logo no início do jogo com 3 bolas de 3 seguidas do Chile. Aos poucos, a seleção brasileira foi se acalmando na defesa e apesar de erros no ataque, foi tirando a diferença. A entrada de Bruno Caboclo foi fundamental para o Brasil melhorar e no fim do primeiro quarto, virar o jogo por 23 a 22.


No segundo quarto o Brasil começou arrasador, graças as boas entradas de Elinho, Rafael Mineiro, que somados a Caboclo e Felício deram um show na defesa, com uma chuva de tocos na defesa e pontos no ataque. O Brasil caminhava para abrir uma distância tranquila até que começou  a diminuir o ritmo, e os chilenos ganharam corça, tiraram boa vantagem, terminando o primeiro tempo apenas seis pontos atrás dos brasileiros - 41 a 35. 


No terceiro quarto, as defesas começaram fortes, com as seleções forçando jogadas individuais, o que resultou em poucos pontos na primeira metade do período, com apenas 7 do brasil e 2 dos chilenos. Mas na metade final do quarto, brilhou a estrela de Lucas Mariano, dominando o garrafão no ataque, distanciando ainda mais na dianteira, fechando o terceiro quarto - 56 a 43


No último quarto, a defesa brasileiro continuou a dominar o ataque chileno e apesar do ataque não tão efetivo, soube controlar o jogo, rodando todo o elenco para fechar a partida por 77 a 53. Brasil e Chile voltam a se enfrentar no sábado (27) no mesmo estádio, às 19 horas (horário de Brasília)


Outras Partidas


No outro jogo do grupo B, o Uruguai venceu a Colômbia por 83 a 75 e pelo Grupo A, a Venezuela superou o Panamá por 77 a 56 e a Argentina derrotou o Paraguai por 93 a 67,em partida que marcou a volta do campeão olímpico em 2004 Carlos Delfino à seleção argentina, marcando 21 pontos na partida. 


Fotos: FIBA/Divulgação

Postar um comentário

To Top