Paula Badosa vence jogão contra Victoria Azarenka e se torna 1ª espanhola campeã no WTA 1000 de Indian Wells - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Paula Badosa vence jogão contra Victoria Azarenka e se torna 1ª espanhola campeã no WTA 1000 de Indian Wells

Compartilhe

Pela primeira vez na história, uma tenista espanhola conquistou o título do WTA 1000 de Indian Wells. O feito foi alcançado neste domingo (17), por Paula Badosa (27ª), que bateu na final a tenista de Belarus, Victoria Azarenka, campeã em duas oportunidades no evento. Placar de 2 sets a 1, com parciais de 7-6 (5), 2-6 e 7-6 (2), em 3h03 de partida.

Este é o segundo título na carreira de Badosa, que venceu o WTA 250 de Belgrado, em maio deste ano, ao bater a croata Ana Konjuh na decisão. Com a vitória em Indian Wells, a tenista espanhola atingirá o melhor ranking de sua carreira e deve ficar próxima do top-10, aguardando a confirmação na atualização desta segunda-feira (18).


O primeiro set

Azarenka e Badosa encararam games muito duros no início da partida. Ambas desperdiçaram break points, mesmo após batalharem muito tempo. Só os três primeiros games ocuparam 24 minutos de jogo.

Após a tensão passar e o jogo das duas atletas fluir mais, o jogo estabilizou. Até que no sétimo game, Badosa disparou ótimas devoluções, para efetuar a quebra de serviço e liderar o placar em 4-3. Mas Azarenka não levou muito tempo para se recolocar na partida e após belo winner de forehand, devolveu a quebra e empatou o duelo.

No décimo game, Badosa novamente fez boas devoluções, jogando Azarenka cada vez mais para o fundo da quadra. Com essa pressão, a espanhola efetuou nova quebra de serviço. Mas enquanto Badosa sacada para o set, a adversária belarussa foi mais sólida e devolveu outra quebra de serviço, forçando a disputa do tiebreak.

Já no tiebreak, Badosa começou melhor, contou com erros da adversária e chegou a abrir 4 a 0. Azarenka até respondeu, com três pontos seguidos, empatando o desempate em 5 a 5 na sequência, o que não foi o suficiente. Badosa fechou em 7 a 5 com um winner espetacular de backhand, vencendo o primeiro set por 7-6.


O segundo set

Mantendo uma atitude positiva mesmo após a derrota na parcial inaugural, Azarenka não deu chances para Badosa e quebrou o saque da adversária logo no primeiro game. Pressionada, a espanhola cometeu muitos erros e foi novamente quebrada, vendo Azarenka se distanciar no placar, que já estava 3-0.

Mas Badosa não deixou a vantagem aumentar ainda mais e tratou de devolver uma das quebras já no quarto game. Porém, já no game seguinte a tenista belarussa conseguiu sua terceira quebra de serviço no set, após fazer grandes pontos contra a adversária. A partir disso Azarenka comandou o jogo e aplicou 6-2 para vencer o segundo set.


O terceiro set

Com uma mudança de atitude, Badosa foi mais agressiva no início do set decisivo e alcançou a quebra de saque. No entanto, na sequência Azarenka devolveu a quebra, equilibrando o jogo novamente, ao usar boa variação dos golpes e conseguindo pontos em subidas à rede.

No nono game, Badosa teve 40-15 e saque para ficar a um game da vitória, mas viu Azarenka se recuperar e conquistar a quebra de serviço e sacar para o título no game seguinte. Mas assim como em todo o jogo, a belarussa oscilou e Badosa aproveitou a chance para empatar o placar mais uma vez.

Depois de tanto equilíbrio, a decisão do título foi ao tiebreak. E Badosa saiu na frente ao aplicar 3 a 0, após dupla-falta da adversária. Com tranquilidade, a espanhola liderou todo o desempate do último set, e fechou por 7 a 2, com belo winner de forehand, para conquistar o título.

Foto: BNP Paribas Open

Nenhum comentário:

Postar um comentário