Medalhista olímpica é cortada de equipe sul-coreana de patinação de velocidade por ter tropeçado intencionalmente em companheira - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Medalhista olímpica é cortada de equipe sul-coreana de patinação de velocidade por ter tropeçado intencionalmente em companheira

Compartilhe

 

A bicampeã olímpica sul-coreana Shim Suk-hee foi cortada da equipe de patinação de velocidade em pista curta, após vir à tona troca de mensagens sugerindo que a atleta poderia ter tropeçado propositalmente em uma colega de equipe em prova ocorrida durante os Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, em PyeongChang..

Em um comunicado, a federação de patinação local disse que está investigando o caso e que proibiu Shim, de 24 anos, de competir na Copa do Mundo de Velocidade em Pista Curta, que terá inicio na semana que vem.

A agência de notícias online Dispatch, de Seul, revelou semana passada o que descreveu como mensagens trocadas entre Shim e seu treinador durante os últimos Jogos Olímpicos de Inverno, na Coreia do Sul.

Na suposta troca de mensagens, a bicampeã olímpica critica suas companheiras de equipe Choi Min-jeong e Kim-A-lang e comentou tornar Choi “uma mulher igual a Steven Bradbury”.

Bradbury provavelmente se refere a um patinador australiano que venceu a final dos 1.000 metros nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2002, depois que todos os outros patinadores caíras. Mas o que exatamente Shim e seu treinador queriam dizer nas mensagens não estava claro.

Depois da troca de mensagens, Shim e Choi se enfrentaram nos 1.000 da competição olímpica de 2018, com Choi chegando na quarta colocação e Shim desclassificada.

Por meio de uma nota, Shim Suk-hee pediu desculpas a Choi, Kim e a todos os outros que devem ter ficados desapontados e magoados por “minha atitude, palavras e comportamentos imaturos”. Ela ainda argumentou que não tropeçou deliberadamente em Choi.

Shim ganhou medalhas de ouro olímpico no revezamento 3.000 metros em 2014 e 2018, enquanto Choi ganhou ouro na edição de 2018, no revezamento de 3.000 metros e na prova individual dos 1.500 metros.

Foto: Damir Sagolj/ Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário