Dina Averina é tetracampeã mundial do Individual Geral; Babi Domingos fica em 17° lugar - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Dina Averina é tetracampeã mundial do Individual Geral; Babi Domingos fica em 17° lugar

Compartilhe
Harnasko e irmãs Averina posam para foto segurando suas medalhas

A russa Dina Averina fez história neste sábado (30) ao se tornar a primeira ginasta a vencer o individual geral quatro vezes no Campeonato Mundial de Ginástica Rítmica. O ouro também colocou Averina como a maior campeã mundial da história com 18 ouros. A brasileira Bárbara Domingos, a Babi, participou da final e terminou na 17ª colocação.

Dina Averina era favorita ao título e confirmou o favoritismo com boas apresentações. A ginasta conseguiu as maiores notas da final no arco, na bola e nas maças e foi superada apenas na fita, pela sua irmã Arina Averina por um décimo. Dina conseguiu 108.400 pontos no total. A medalha de prata foi para Alina Harnasko de Belarus (105.300), com Arina ficando com o bronze (103.200).

Pela primeira vez uma brasileira participou da final do individual geral no Mundial da modalidade. Babi Domingos fez boas apresentações, mas ficou um pouco abaixo das notas da qualificação na fita, no arco e na bola. A representante do Brasil fez 87.750 pontos no total e terminou no 17º lugar.
Babi Domingos se apresentando com a fita - Foto: Simone Ferraro/CBG

Classificação final:
1. Dina Averina (RUS) 108.400
2. Alina Harnasko (BLR) 105.300
3. Arina Averina (RUS) 103.200
4. Boryana Kaleyn (BUL) 102.450
5. Viktoriia Onioprenko (UKR) 99.650
6. Sofia Rafaeli (ITA) 99.525
7. Tatyana Volozhanina (BUL) 96.600
8. Kita Sumire (JPN) 96.450
9. Milena Baldassari (ITA) 96.100
10. Anastasiia Salos (BLR) 95.450
11. Khrystyna Pohranychna (UKR) 95.025
12. Ekaterina Vedeneeva (SLO) 93.500
13. Oiwa Chisaki (JPN) 93.400
14. Fanni Pigniczki (HUN) 90.450
15. Jelizaveta Polstjanaja (LAT) 88.450
16. Margarita Kolosov (GER) 88.050
17. Bárbara Domingos (BRA) 87.750
18. Andrea Verdes (ROU) 85.150

Foto: Reprodução/Twitter/FIG

Nenhum comentário:

Postar um comentário