Dina Averina conquista dois ouros no primeiro dia do Mundial de Ginástica Rítmica - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Dina Averina conquista dois ouros no primeiro dia do Mundial de Ginástica Rítmica

Compartilhe

A russa Dina Averina foi o grande destaque do primeiro dia do Mundial de Ginástica Rítmica, disputado em Kitakyushu no Japão. A ginasta venceu as duas finais desta quarta (27), levando o ouro no arco e na bola.

A primeira final foi a do arco. Dina fez a melhor série da final, conseguindo nota 27.750, com quase dois pontos de vantagem para Alina Harnasko de Belarus que ficou com a medalha de prata (25.950). A italiana Sofia Rafaeli terminou na terceira colocação (25.850) e levou o bronze para casa.

Na bola, dobradinha das gêmeas Averina com Dina conquistando o ouro (29.125) e Arina ficando com a prata (27.675). Alina Harnasko novamente subiu ao pódio, mas desta vez ficou com a medalha de bronze (27.300).

BRASILEIRAS PRÓXIMAS DE RESULTADO HISTÓRICO

O Brasil está representado por Bárbara Domingos, a Babi, e Ana Luísa Neiva na disputa do individual. As duas ginastas estão próximas de conseguir os melhores resultados da história do país no Mundial de Ginástica Rítmica. 

Até o momento, o melhor resultado do Brasil no individual geral é o 31º lugar de Bárbara Domingos no Mundial de 2019. E Babi deve melhorar o desempenho, com chance de alcançar uma final inédita. Após a disputa do arco e da bola, a brasileira está em 11º lugar na classificação. Para a final, avançam as 18 melhores atletas, considerando as três maiores notas de cada uma. 

Com 23.550 no arco e 23.750 na bola, Bárbara tem 47.300 pontos e um bom desempenho nas maças ou na fita deve colocá-la em uma final inédita. Além disso, Babi ficou próxima das finais por aparelhos, com um 12º lugar no arco e o 13º na bola.

Ana Luísa Neiva está em seu primeiro mundial adulto e também fez boas apresentações, com chances de superar o 31º lugar de Babi em 2019. Até o momento, Ana está em 22º lugar com 43.050 pontos. Foram 20.900 no arco e 22.150 na bola. 

As duas brasileiras voltam a competir na madrugada de quinta-feira (28), à partir da 0h no horário de Brasília. Caso consigam uma das oito melhores notas nas maças ou na fita, elas disputam a final por aparelhos a partir das 7h15 de quinta (com transmissão do SporTV). Já a final do individual geral será no sábado (30) às 2h30.

Resultado - finais por aparelho

Arco:
1. Dina Averina (RUS) 27.750
2. Alina Harnasko (BLR) 25.950
3. Sofia Rafaeli (ITA) 25.850
4.  Boryana Kaleyn (BUL) 25.700
5. Milena Baldassari (ITA) 25.450
6. Arina Averina (RUS) 24.950
7. Khrystyna Pohranychna (UKR) 24.800
8. Viktoriia Onopriienko (UKR) 24.350

Bola:
1. Dina Averina (RUS) 29.125
2. Arina Averina (RUS) 27.675
3. Alina Harnasko (BLR) 27.300
4. Boryana Kaleyn (BUL) 26.350
5. Kita Sumire (JPN) 26.050
6. Milena Baldassari (ITA) 25.850
7. Tatyana Volozhanina (BUL) 25.350
8. Viktoriia Onopriienko (UKR) 19.100

Foto de capa: Anton Novoderezhkin/TASS

Nenhum comentário:

Postar um comentário