Commonwealth Games terão regras mais flexíveis para o programa de esportes a partir de 2026 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Commonwealth Games terão regras mais flexíveis para o programa de esportes a partir de 2026

Compartilhe

As futuras sedes do Commonwealth Games, os Jogos da Comunidade Britânica, terão maior flexibilidade para incluir esportes locais populares de acordo com nova resolução aprovada em reunião pela Assembleia Geral da Commonwealth Games Federation (CGF).

O CGF ainda não escolheu a cidade-sede de 2026 que irá suceder Birmigham 2022.

Pela nova proposta, o atletismo e a natação serão os dois únicos esportes obrigatórios, dada a suma importância e por estarem no programa de competições desde a primeira edição em Hamilton (CAN), no ano de 1930.

A proposta é que os anfitriões proponham esportes totalmente novos e relevantes para o país sede, trazendo um maior da comunidade local.

Segundo recomendação do CGF o programa de competições deve ter no máximo 15 esportes.

A entidade responsável pelo Commonweath Games também planeja incentivar um maior engajamento em esportes eletrônicos, embora não tenha chegado a pedir sua introdução no programa principal de esportes.

O roteiro estratégico 2026-2030 também oferece mais oportunidades de co-sede em várias cidades ou mesmo países.

Futuros anfitriões em potencial também devem ser encorajados a considerar soluções alternativas para a vila de atletas, em vez de serem obrigados a acomodar atleta em uma ambiente recém-construído ou em único local.

Birmigham 2022 já adotou esse modelo depois de abandonar os planos para uma Vila dos Atletas e, em vez disso, irá usar acomodações universitárias.

Foto: EPA/ EFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário