Cameron Norrie vira duelo na final e vence o Masters 1000 de Indian Wells - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Cameron Norrie vira duelo na final e vence o Masters 1000 de Indian Wells

Compartilhe

Um dia de pioneiros. Após a vitória de Paula Badosa na chave feminina de Indian Wells (1ª espanhola a vencer o torneio), a noite californiana reservou outro título inédito no circuito. Cameron Norrie tornou-se o primeiro tenista britânico a ser campeão da chave masculina do evento, ao bater neste domingo (17), o georgiano Nikoloz Basilashvili de virada, por 2 sets a 1, na decisão (3-6, 6-4 e 6-1).

Esse é o primeiro título britânico em Masters 1000, desde a conquista de Andy Murray em Paris 2016. De quebra, Norrie adicionou a segunda conquista em sua galeria de troféus nível ATP, que já tinha o título do ATP 250 de Los Cabos, no México, vencido em julho.

Com a vitória neste domingo, Norrie alcança o melhor ranking em sua carreira, figurando pela primeira vez no top-20 e se tornando o melhor tenista da Grã-Bretanha no momento. Além disso, ele mantém viva a chance de disputar o ATP Finals, em novembro.


O jogo

Adotando uma postura mais defensiva e de sempre devolver uma bola a mais, Norrie saiu na frente no placar, quebrando o saque do adversário. Mas Basilashvili passou a tomar controle do jogo disparando muitos winners e não desperdiçou o break point para empatar o set. Com uma nova quebra no oitavo game, o georgiano ficou livre para a vitória na parcial, fechando em 6-3.

O segundo set teve um início mais equilibrado, com ambos tenistas alcançando quebras de serviço. Mas no final da parcial, prevaleceu a solidez de Norrie, que efetuou uma quebra no décimo game para aplicar 6-4 em Basilashvili e levar a disputa do título ao set definitivo.


No último set Norrie foi soberano, abriu 3-0 e não deixou Basilashvili se aproximar no placar. Com 77% de aproveitamento nos pontos jogados com o primeiro serviço em todo o jogo, o britânico venceu a partida ao fazer 6-1 na terceira parcial, para ficar com o título inédito em sua carreira e para seu país.

Foto: BNP Paribas Open

Nenhum comentário:

Postar um comentário