Brasil faz campanha histórica e garante vaga na Copa do Mundo de Tênis em CR de 2022 em todas as categorias - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil faz campanha histórica e garante vaga na Copa do Mundo de Tênis em CR de 2022 em todas as categorias

Compartilhe

O Brasil encerrou sua participação na Copa do Mundo de Tênis em cadeira de rodas, disputada em Alghero, na Itália, neste domingo (3). O grande destaque de toda a delegação brasileira foi a equipe juvenil, que ficou com a quarta colocação, após ser derrotada pelo time dos Países Baixos na decisão pela medalha de bronze. Além disso, o Brasil concluiu a competição com todas as suas equipes classificadas para o mundial de 2022, algo inédito para o país.

Além dos juvenis João Lucas Takaki e Jade Lanai, outros destaques do Brasil no mundial deste ano foram os atletas da equipe de Quad. Os tenistas Ymanitu Silva, Augusto Fernandes e Leandro Pena garantiram a quinta colocação na Copa do Mundo, após uma vitória contra a Grã-Bretanha, uma das potências da modalidade.

Na equipe da categoria Open feminino, Maria Fernanda Alves foi uma das destaques do time brasileiro, com grandes vitórias. A seleção que contou ainda com Meirycoll Duval, Ana Caldeira e Luciamaria Nascimento alcançou a sétima colocação no Mundial, depois de garantir o posto com triunfo sobre a equipe russa.

Já o time de Open masculino formado por Daniel Rodrigues, Gustavo Carneiro, Bruno Makey e Felipe Santana, garantiu a vaga para a Copa de 2022, ficando na décima colocação, com vitória decisiva diante da Áustria, que rendeu a classificação.

"O Mundial foi muito positivo para o Brasil. A gente chegou com equipes em todas as categorias, e são poucas as nações que conseguem este feito. Mais do que isso, conseguimos a classificação de forma direta com nossos quatro times para 2022. Além disso, vimos o surgimento de novos atletas, com bom desempenho. Ficamos muito felizes pelo desenvolvimento do tênis em cadeira de rodas do Brasil, com a certeza de que estamos no caminho certo para Paris 2024", ressaltou Jesus Tajra, vice-presidente da Confederação Brasileira de Tênis (CBT).

Foto: Lucas Balduino/CBT

Nenhum comentário:

Postar um comentário