Beatriz Haddad Maia conquista maior vitória da carreira e avança no WTA 1000 de Indian Wells - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Beatriz Haddad Maia conquista maior vitória da carreira e avança no WTA 1000 de Indian Wells

Compartilhe

Pela segunda vez na carreira, Beatriz Haddad Maia derrotou uma tenista ex-número 1 do mundo. A vítima da vez foi a tcheca Karolina Pliskova, atual número 3 do ranking. Em duelo valendo vaga nas oitavas de final do WTA 1000 de Indian Wells, a brasileira aplicou 6-3 e 7-5 para garantir o triunfo e sua melhor campanha em torneios deste nível.

Essa foi a maior vitória da carreira de Bia Haddad, em termos de ranking da adversária. Em 2019, no WTA 250 de Acapulco, a brasileira derrotou a estadunidense Sloane Stephens, que na época ocupava a quarta colocação do ranking mundial.

Nas oitavas de final, Beatriz Haddad Maia vai encarar a estoniana Anett Kontaveit, cabeça de chave 18 do WTA 1000 de Indian Wells, e responsável ela eliminação da atual campeã, Bianca Andreescu, em sets diretos (7-6 [5] e 6-3).


O duelo

Em jogo marcado por muita ventania e difícil adaptação às condições em quadra, Bia Haddad Maia conseguiu tirar proveito do vento, fez boa utilização do saque aberto com slice e se manteve firme em todos os pontos, fazendo sempre Pliskova dar um golpe a mais e consequentemente, cometer mais erros.

Sofrendo com o vento no início da partida, Pliskova cometeu erros mesmo após abrir 30-0 no primeiro game e acabou tendo o serviço quebrado por Bia Haddad. No entanto, a brasileira também encontrou problemas no game seguinte e viu a adversária tcheca devolver a quebra.

No terceiro game, Bia Haddad retomou a liderança do placar, ao pressionar Pliskova, que cometeu duplas-faltas e teve o saque quebrado. A brasileira ainda conseguiu confirmar seu game de serviço pela primeira vez na partida, abrindo 3-1 no marcador, ao disparar um belo ace.

Mais adaptada às condições da partida e do ambiente, Bia Haddad ainda conseguiu sair de um buraco no sexto game, ao salvar quatro break points para manter a liderança no primeiro set. A brasileira usou de muita variação de lado nos golpes, fazendo Pliskova se locomover constantemente.

Jogando bem nos contra-ataques, Bia Haddad pressionou o serviço de Pliskova novamente e obteve sucesso ao conseguir a quebra, fechando o primeiro set em 6-3.

Já o segundo set começou de forma semelhante ao primeiro, com uma quebra de serviço de cada tenista. Mas Bia Haddad contou com muitos erros e duplas-faltas de Pliskova, para efetuar nova quebra de saque e chegar ao 3-1 no placar.

Porém, a tenista tcheca não deixou a brasileira disparar na liderança do marcador e pela segunda vez seguida devolveu a quebra de saque. Mas seguindo com um set muito irregular nos serviços, Bia Haddad quebrou novamente o saque de Pliskova, para fazer 4-2.

Na disputa do sétimo game, Pliskova aplicou bom ritmo de jogo, maior solidez nas trocas de bola e se recolocou no set, ao fazer 4-3 em nova quebra de saque na parcial, mesmo após a brasileira salvar três break points.  O jogo seguiu muito equilibrado e as duas tenistas aproveitaram os break points cedidos nos games seguintes. 

No entanto, a partir do décimo game as tenistas começaram a confirmar seus saques, algo que não vinha acontecendo ao longo da segunda parcial. Até que no 12º game, Bia Haddad contou com uma dupla-falta de Pliskova, seguida por um forehand para fora para chegar ao match point. 

A tcheca até se salvou momentaneamente, mas voltou a fazer uma dupla-falta, cedendo novo ponto do jogo para a brasileira, que conseguiu quebrar o saque para vencer a partida. 

Foto: Reprodução/WTA 1000 de Indian Wells

Nenhum comentário:

Postar um comentário