Azarenka vira jogaço contra Ostapenko e retorna à final do WTA 1000 de Indian Wells após cinco anos - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Azarenka vira jogaço contra Ostapenko e retorna à final do WTA 1000 de Indian Wells após cinco anos

Compartilhe

Ela voltou. A tenista belarussa Victoria Azarenka (32ª) está na final do WTA 1000 de Indian Wells, após cinco anos. Já na madrugada deste sábado (16), ela bateu de virada a atleta letã Jelena Ostapenko (29ª) por 2 sets a 1 (3-6, 6-3 e 7-5), em 2h20 de partida. Desta forma, Vika, como é conhecida no circuito, disputará a decisão do torneio pela primeira vez desde 2016, quando saiu com o troféu de campeã.

Agora, Azarenka, duas vezes campeã do torneio na Califórnia (2012 e 2016), aguarda a vencedora do duelo entre a tunisiana Ons Jabeur e a espanhola Paula Badosa, que se enfrentam na outra semifinal. A última vez que a belarussa venceu um WTA 1000 foi em 2020, no torneio de Cincinnati, quando não precisou entrar em quadra para conquistar o título, já que na ocasião, sua adversária, Osaka Naomi, desistiu da partida, com uma lesão na coxa.


A partida

Mais sólida e arriscando com golpes agressivos, Ostapenko comandou o início do jogo ao vencer três games em sequência. Mas em pouco tempo, os winners deram lugar aos erros não-forçados e a tenista letã teve a quebra de saque devolvida por Azarenka.

Porém, no sexto game, Ostapenko voltou a oscilar, desta vez disparando mais bolas vencedoras, para quebrar o saque de Azarenka sem ceder pontos. Mas desta vez a tenista letã manteve a vantagem obtida e fechou a parcial por 6-3.

O segundo set começou da mesma forma que o primeiro: com quebra de saque para Ostapenko, que contou com uma dupla-falta de Azarenka no 40-40. Na sequência, a campeã de Roland Garros em 2017 ainda confirmou o serviço, abrindo 2-0 no placar.

Mas a partir do terceiro game, Azarenka passou a se posicionar melhor, buscou ser mais agressiva em quadra e efetuou duas quebras de saque consecutivas, revertendo a situação do segundo set. A partir disso a tenista de Belarus tomou controle da parcial e fechou por 6-3, forçando a disputa do terceiro set.

No início do terceiro set, Ostapenko teve 40-15 em seu saque, com duas chances de confirmar, mas desperdiçou as oportunidades e viu Azarenka se levantar no game e quebrar o serviço, abrindo 1-0. Mas a vantagem da belarussa não durou muito, já que a adversária letã devolveu a quebra de saque no sexto game, empatando o set em 3-3.


Com a partida se encaminhando para o fim, as tenistas demonstraram maior tensão. Num game muito equilibrado, Azarenka cometeu menos erros e quebrou o saque de Ostapenko, que mandou um backhand na rede e frustrada, jogou a raquete no chão. A tenista de Belarus foi muito pressionada ao sacar para a vitória, mas salvou os break points e fechou a parcial por 7-5, garantindo a vitória.

Foto: BNP Paribas Open

Nenhum comentário:

Postar um comentário