AIU investiga oficiais envolvidos no caso Krystsina Tsimanouskaya, em Tóquio - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

AIU investiga oficiais envolvidos no caso Krystsina Tsimanouskaya, em Tóquio

Compartilhe


Dois oficiais de Belarus envolvidos no polêmico corte da velocista Krystsina Tsimanouskaya nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 serão investigados pela comissão da Unidade de Integridade do Atletismo (AIU), após a World Athletics abrir formalmente o processo contra os envolvidos.

Tsimanouskaya foi forçada a entrar no avião, após criticar publicamente a conduta dos treinadores da equipe de atletismo de Belarus.

Hoje a atleta de 24 se encontra morando na Polônia, que foi o país que emitiu o visto humanitário para ela.

O corpo da comissão que conduzirá a investigação está trabalhando em conjunto com uma equipe do Comitê Olímpico Internacional (COI) para apurar as acusações contra os dois oficiais de Belarus.

“Foi decidido pela AIU, órgão que gerência questões de ética no atletismo mundial conduzir o processo de investigação”, disse comunicado emitido pela World Athletics

Foto: Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário