Recordista mundial da maratona, Mary Keitany anuncia aposentadoria - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Recordista mundial da maratona, Mary Keitany anuncia aposentadoria

Compartilhe


A recordista mundial da maratona, a queniana Mary Keitany, anunciou a aposentadoria aos 39 anos por não se recuperar de uma lesão nas costas.

Keitany diz que não conseguiu tratar a contusão da melhor forma devido as limitações impostas pela Covid-19.

A queniana venceu a Maratona de Londres três vezes e a Maratona de Nova York quatro vezes, além de conquistar a medalha de ouro no Campeonato Mundial de Meia Maratona em 2009.

A atleta ainda bateu o recorde mundial da maratona, com a marca de 2h17min01s em sua terceira vitória em Londres, no ano de 2017.

“Depois do meu sucesso em 2019, quando tive alguns bons resultados, incluindo o segundo lugar em Nova York, estava esperançosa de que poderia ser muito competitiva internacionalmente por mais alguns anos mesmo já tendo passado dos 30 anos”, disse Keitany.

“No entanto, fico triste em dizer que uma lesão nas costas que sofri no final de 2019 fez com que eu decidisse me aposentar. Não consegui o tratamento que queria na Europa por causa das restrições de viagens relacionadas à pandemia no ano passado e toda vez que eu pensava que havia superado a lesão e começado a treinar forte, tornava-se um problema novamente”.

“Então agora é a hora de dizer adeus, mesmo que apenas como uma corredora de elite ao esporte que tanto amo”.

Keitany chamou a atenção do mundo pela primeira vez em 2007, com uma série de grandes performances em meias maratonas europeias, o que lhe rendeu uma vaga na equipe queniana no Campeonato Mundial de Meia Maratona, que foi realizado em Udine, na Itália.

Medalhista de prata individualmente e ouro por equipes naquela competição, se consolidou com uma atleta de elite, mesmo com pausas em 2008 e 2013 por dar à luz a seus filhos Jared e Samantha.

Foto: Mike Segar/ Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário