Parceiro de Isaquias Queiroz em 2016, canoísta Erlon de Souza opera quadril


Parceiro de Isaquias Queiroz nos Jogos Olímpicos de 2016, realizados no Rio de Janeiro, o canoísta Erlon de Souza foi submetido a uma cirurgia no quadril na terça-feira (14).

Ao lado de Isaquias, Erlon foi prata no C2-1000m no Rio de Janeiro. O baiano, no entanto, não conseguiu defender sua medalha em Tóquio, já que a lesão no quadril o tirou o canoísta dos Jogos deste ano. Ele foi substituído poucas semanas antes do evento por Jacky Godmann.

Erlon foi submetido a uma bem sucedida artroplastia de quadril esquerdo. A operação, realizada em São Paulo, serviu para substituir por uma prótese o osso e a cartilagem lesionados do canoísta brasileiro. 

O procedimento foi acompanhado pela coordenadora médica do COB (Comitê Olímpico do Brasil), Ana Carolina Côrte.

A lesão que acometeu Erlon é chamada de Legg-Calvé-Perthes, que foi uma diminuição na vascularização do fêmur, o que lesionou o quadril.

O atleta deve ficar em São Paulo por duas semanas em reabilitação, no pós-operatório precoce. O processo de recuperação deve levar de quatro a cinco meses. No início, Erlon poderá fazer exercícios de musculação e pedalar.

Foto: Divulgação/COB

0 Comentários