No retorno ao US Open após título de 2019, Andreescu bate Golubic em jogão de três sets - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

No retorno ao US Open após título de 2019, Andreescu bate Golubic em jogão de três sets

Compartilhe

Retornando ao Arthur Ashe Stadium, dois anos após o título do US Open de 2019, Bianca Andreescu precisou batalhar por 2h48 para avançar à segunda rodada do Major estadunidense. A tenista canadense bateu a suíça Viktorija Golubic por 2 sets a 1, com parciais de 7-5, 4-6 e 7-5.

Andreescu não jogava neste torneio desde sua consagração em 2019, quando venceu na final a atleta da casa Serena Williams, na decisão pelo título. Com muitos problemas físicos, ela ficou o ano de 2020 inteiro sem competir, sendo atrapalhada por lesões e pela pandemia de coronavírus.


Golubic por sua vez, chegou em Flushing Meadows embalada pela grande campanha feita em Tóquio 2020 na chave de duplas, onde foi medalhista de prata ao lado de Belinda Bencic, vencendo até mesmo da dupla brasileira de Luisa Stefani e Laura Pigossi (ganhadoras do bronze), na semifinal.

Ainda assim, Andreescu foi mais decisiva no fim do jogo contra Golubic e conquistou sua oitava vitória seguida no US Open, se contarmos a campanha protagonizada pela atleta na temporada da conquista do Grand Slam.


Resumo do jogo

Andreescu começou o jogo executando golpes com muita força e essa pressão fez Golubic ceder dois break points logo no segundo game da parcial inaugural. No entanto, a tenista suíça foi eficiente ao se salvar e confirmar o saque, empatando o placar.

No quinto game, foi a vez da canadense passar por apuros em seu saque. Golubic aproveitou erros de Andreescu, foi agressiva e quebrou o serviço, assumindo a liderança do marcador.

Sacando para o set, Golubic cometeu diversos erros, incluindo uma dupla-falta no 0-30. Andreescu aproveitou a oportunidade, fez um belo ponto com um forehand na paralela e devolveu a quebra de serviço, deixando o placar em 5-5.

No 12º game Andreescu seguiu apresentando muita agressividade e chegou ao set point. Mas com uma bola de forehand na paralela, Golubic se salvou, ganhando sobrevida. Mesmo com diversas tentativas de ficar no set, em game de 13 minutos, a suíça não conseguiu segurar o ímpeto da tenista canadense, que fechou a parcial em 7-5.

O segundo set parecia ser outra parcial muito equilibrada. Mas o fato que marcou o início da disputa foi o mal-estar de Andreescu, após o quarto game. A tenista sentou em seu banco, cobriu o rosto com a toalha e pediu auxílio médico. Após tomar um comprimido, voltou à quadra para dar sequência ao jogo.

As duas tenistas seguiram fazendo uma boa partida, sem oscilações, até que no nono game, Golubic acertou uma série de devoluções, deixando sempre Andreescu em situações desconfortáveis, forçando erros. Desta forma a atleta da Suíça conquistou a quebra de saque, que foi determinante para sua vitória por 6-4 no segundo set.

A terceira e decisiva parcial começou cheia de oportunidades para ambas as tenistas. Mas nenhuma delas soube aproveitar os break points cedidos. Até que no quinto game, a vice-campeã olímpica de duplas conquistou a quebra de serviço, para ficar na frente no placar.

Mas Andreescu seguiu viva na partida, após devolver a quebra de saque no oitavo game, sem deixar com que Golubic fizesse pontos. Isso deu moral para a canadense, que passou a acertar mais winners na tentativa de retomar o controle do jogo.

No 12º game, Golubic sacava para permanecer com chances de vitória, mas viu Andreescu ser mais decisiva e menos errática. Após uma bola para fora da tenista suíça, a canadense pode enfim soltar o grito de comemoração, ao aplicar o placar de 7-5 no set final.



Sete aces foram disparados por Andreescu ao longo do jogo, contra nenhum de Golubic. A canadense também dominou o número de winners, registrando 40 contra 15 da adversária. Mas tal agressividade também rendeu uma grande quantidade de erros não-forçados. Andreescu cometeu 36, dez a mais que Golubic.

Foto: Manuela Davies/USTA

Nenhum comentário:

Postar um comentário