Djokovic perde set, mas vence jovem dinamarquês na estreia pelo US Open 2021 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Djokovic perde set, mas vence jovem dinamarquês na estreia pelo US Open 2021

Compartilhe
Novak Djokovic prepara um golpe de backhand, olhando fixamente a bola e segurando firmemente sua raquete

Buscando a conquista do quarto título de Grand Slam em 2021, o sérvio Novak Djokovic estreou com vitória no US Open. No entanto, ele não foi dominante, como de costume. O atual número 1 do mundo bateu o dinamarquês Holger Vitus Nodskov Rune (145º), por 3 sets a 1, com parciais de 6-1, 6-7 (5), 6-2 e 6-1, em 2h15 de partida.

No segundo set, Rune demonstrou grande resistência diante do estilo de jogo de Djokovic. Com bolas agressivas e profundas na quadra, o dinamarquês se impôs e chegou a vencer uma parcial contra o sérvio, tornando-se o primeiro tenista vindo do torneio qualificatório de um Major a ganhar um set contra Djokovic ocupando o posto de número 1 do mundo.



Mas Djokovic reverteu a situação e viu Rune sucumbir diante de um problema na perna. O sérvio venceu e avançou à segunda rodada do US Open, onde vai encarar Tallon Griekspoor (NED).

Primeiro set

O início do jogo foi muito tranquilo para Djokovic, que além de desenvolver bem os pontos, se aproveitou de erros não-forçados de Rune. O sérvio conseguiu uma quebra de saque e abriu 3-0 no jogo em apenas 12 minutos. O dinamarquês por sua vez, confirmou seu serviço no quarto game, reduzindo a vantagem aberta pelo adversário.

Após um lob praticamente perfeito, no sexto game, Djokovic quebrou novamente o saque de Rune, para chegar a 5-1 na primeira parcial. Sem ser pressionado, o sérvio confirmou seu serviço logo em seguida e garantiu a vitória por 6-1 no set inaugural.

Segundo set

Mas ao contrário do primeiro set, quem começou a segunda parcial na frente, foi Rune, que deu duas passadas e contou com uma dupla-falta de Djokovic, para quebrar o saque e fazer 2-0.

Apesar de não apresentar tanta variação de jogo, Djokovic contou com erros de Rune, incluindo uma dupla-falta, para devolver a quebra de saque e voltar ao set de forma rápida. O sérviu seguiu em alto nível e conseguiu mais uma quebra, tomando o controle da parcial.

Mostrando mais uma vez um ponto de oscilação em seus golpes, Djokovic voltou a ser pressionado por Rune, que devolveu a quebra de saque após nova dupla-falta decisiva, empatando o set em 4-4.

Rune prepara batida de backhand na bola
Foto: Garrett Ellwood/USTA
Com um set muito equilibrado no trecho final, a decisão foi ao tiebreak. E no início dele, Rune foi soberano. Abriu 4 a 0 aguentando bem as trocas, vendo Djokovic sem timing nos golpes e cometendo muitos erros. Mas o dinamarquês também teve suas dificuldades e sofreu três pontos seguidos, equilibrando o jogo.

Mas Rune “fechou a porta” para Djokovic, fez um belo ponto com drop shot e disparou um saque muito forte para chegar ao set point. O sérvio até salvou dois pontos da parcial, mas no terceiro set point, Rune fez ótimo segundo saque, para vencer o set por 7-6, com 7 a 5 no tiebreak.


Terceiro set

As coisas voltaram a ficar boas para Djokovic no terceiro set. No quarto game o tenista sérvio elevou o nível de suas devoluções e com isso, efetuou uma quebra de serviço, para chegar ao 3-1. A partir disso, Rune começou a sentir problemas nas perna esquerda e passou a mancar na quadra, demonstrando tal incômodo.

Rune parecia tentar evitar ao máximo abandonar a partida e chegou a receber atendimento médico em quadra. Mas após ter o serviço quebrado no oitavo game do terceiro set, ele viu Djokovic fechar a parcial por 6-3, com facilidade.

Quarto set

Mesmo após receber um segundo atendimento médico, no intervalo entre os sets, Rune seguiu demonstrando muitas dores, chegando a bater a raquete contra o chão algumas vezes, mas sem força, tornando evidente sua frustração. Sem contar com sua força, o dinamarquês teve o saque quebrado por Djokovic, que abriu 4-0 na sequência, após nova quebra de serviço.

Rune até conseguiu vencer um de seus games de saque, mas não era mais capaz de competir fisicamente contra Djokovic, que fechou o set em 6-1 e carimbou sua classificação à próxima fase.

Foto: Garrett Ellwood/USTA

Nenhum comentário:

Postar um comentário