Hugo Calderano alcança a quinta colocação do ranking mundial de tênis de mesa - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Hugo Calderano alcança a quinta colocação do ranking mundial de tênis de mesa

Compartilhe
Hugo Calderano sorrindo para a foto

Hugo Calderano está entre os cinco melhores atletas do mundo no tênis de mesa. O brasileiro ganhou três posições no ranking mundial após o título do WTT Star Contender no último final de semana e, em atualização divulgada nesta terça-feira (28), ele aparece na quinta colocação da classificação. É a primeira vez na história que um latino-americano alcança essa marca.

Calderano ganhou 600 pontos com a conquista em Doha, tendo agora 8.464 pontos. Ele tem pouco mais de cem pontos de frente sobre o taiwanês Lin Yun-Ju, sexto lugar (8.375), e menos de 300 atrás do quarto colocado, o japonês Harimoto Tomokazu (8.709). O top-3 é dominado pela China, que tem Fan Zhendong na liderança, com 12.494 pontos, seguido por Ma Long (12.212) e por Xu Xin (10.356).

O brasileiro está entre os melhores do mundo há pelo menos três anos, tendo entrado pela primeira vez no top-10 do ranking em junho de 2018. Em outubro do mesmo ano, atingiu a nona colocação e, desde então, figura nas posições mais altas da classificação, estando a 2 anos e 11 meses sem sair do top-10. Sua melhor posição antes da nova atualização era o sexto lugar.

Hugo já era o latino-americano com o melhor posicionamento no ranking mundial de tênis de mesa de todos os tempos, sendo o primeiro a atingir o top-10. Agora, torna-se mais uma vez pioneiro ao entrar no top-5. 

De acordo com a Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), porém, se considerado todo o continente americano, dois atletas dos Estados Unidos já atingiram posições semelhantes a do brasileiro anteriormente.

Desde a criação oficial do ranking mundial, quem chegou mais próximo do patamar foi o canadense Johnny Huang, aparecendo em décimo lugar em janeiro de 1997. No entanto, antes da criação do ranking, outros atletas foram colocados em uma classificação feita pela Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF) a partir de seus resultados conquistados em torneios internacionais.

Assim, os norte-americanos Sol Schiff, que foi quarto do mundo em 1938, e Richard Miles, número 5 em 1949, podem ser postos no mesmo patamar de Hugo. O brasileiro com o melhor posicionamento antes da criação do ranking foi Ubiraci Rodrigues da Costa, o Biriba, 19º colocado em 1961.

Outros brasileiros

Entre outros brasileiros no ranking mundial divulgado nesta terça-feira, Gustavo Tsuboi permanece na 37ª colocação, enquanto Vitor Ishiy e Eric Jouti subiram um degrau, indo para 63º e 92º, respectivamente. Os três perderam em suas estreias individuais em Doha. Thiago Monteiro, que não competiu no final de semana, caiu para o 89º lugar.

Já entre as mulheres, Bruna Takahashi, que atingiu as quartas de final em Doha, ganhou quatro lugares e agora é 45ª, a melhor posição da carreira. Jessica Yamada é 143ª, e Caroline Kumahara, 145ª. Nas duplas mistas, Vitor Ishiy e Bruna Takahashi, que chegaram às quartas de final do WTT Star Contender, saltaram dez posições em relação à lista anterior e agora aparecem na 28ª colocação.

Foto de capa: Remy Gros/WTT


Nenhum comentário:

Postar um comentário