Esgrimista de 12 anos revelada pelo Projeto Mosqueteiros vence Brasileiro sub-15 no sabre - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Esgrimista de 12 anos revelada pelo Projeto Mosqueteiros vence Brasileiro sub-15 no sabre

Compartilhe
Júlia Improta corre em pista comemorando e técnico ao fundo levanta os braços

Aconteceram entre o sábado (4) e esta terça-feira (7), o Torneio Nacional Infantil Mestre Pereira e Torneio Nacional Pré-Cadete na Escola de Educação Física do Exército (EsEFEx), no Rio de Janeiro (RJ). Pela primeira vez desde o início do surto de covid-19, campeonatos nacionais nas categorias sub-11, sub-13 e sub-15 foram disputadas no Brasil, revelando muitos talentos que iniciaram a prática do esporte ou subiram de rendimento nestes 16 meses de pandemia.

O torneio infantil foi nomeado a partir de José Maria de Andrade Pereira, atleta olímpico que disputou os Jogos de Cidade do México 1968, além de três Pan-Americanos (1963, 1967, 1971) e dois Campeonatos Mundiais, em 1962 e 1971. Ele foi incluído no Hall da Fama da Confederação Brasileira de Esgrima em uma cerimônia que aconteceu neste sábado (4) durante o Torneio que agora leva seu nome.

Um dos principais destaques da competição foi o aparecimento ou consolidação de vários atletas que surgiram a partir de vários projetos sociais que buscam promover a popularização da esgrima, como o excelente desempenho de atletas do Círculo Militar de São Paulo que se desenvolveram no esporte em parceria com o Projeto Mosqueteiros.


A coroação veio com o título de Júlia Improta na competição pré-cadete. A atleta de apenas 12 anos competiu com atletas até dois anos mais velhas que ela e venceu a final contra Camila Vieira por emocionantes 15-14, levantando todos presentes, especialmente seu técnico Rodrigo Baldin (foto acima).

“Comecei na minha escola, quando cinco meninas ganharam uma bolsa. Comecei treinando com caixas de papelão e algo imitando o sabre”, disse a esgrimista, que começou treinando na Academia Paulista de Esgrima e hoje defende o Círculo Militar de São Paulo. No Rio de Janeiro, ela competiu usando um colete emprestado por Érico Patto, do Pinheiros, atleta líder do ranking sub-15 que confirmou o favoritismo e venceu o sabre sub-15 masculino vencendo Arthur Wolff na final por 15-6.


Além de Júlia, outras duas atletas que foram reveladas pelo projeto alcançaram o pódio. Laís Tosta conquistou a prata no sub-11 feminino e Gabriela Ohana levou o bronze no sub-13 do sabre feminino, além de ter ficado em quinto no pré-cadete

Rodrigo Baldin, treinador dos esgrimistas do projeto, revelou que Ohana começou a aprender esgrima em aulas online durante o fechamento das academias em abril, treinando em casa com armas de plástico. Ele ainda fez questão de salientar a boa participação de dois outros atletas que começaram nos Mosqueteiros e hoje estão no Círculo Militar de São Paulo: Júlia Pagnan, no sub-13 feminino, e Danilo Queiroz, na competição pré-cadete masculina, que caiu nas quartas-de-final por 15 a 14 em um jogo dramático contra Lucas Schubert. 

Improta, Tosta, Ohana e Pagnan são alunas da Escola Estadual Alfredo Paulino, em São Paulo, na qual o professor Eduardo Simões começou a a ensinar o esporte em 2019, incentivando a produção de espadas e produções usando material reciclável. Simões entrou em contato com Baldin, que passou a dar aulas de esgrima na escola e ainda selecionou algumas crianças para treinar na Academia Paulista de Esgrima (APE).

Baldin revelou que os jovens seguirão treinando regularmente na APE como preparação para buscar lugar na equipe nacional pré-cadete e cadete. Além disso, o projeto seguirá na Escola Alfredo Paulino onde estão os materiais da Confederação Brasileira de Esgrima (CBE) via Projeto Engajar, possibilitando treinos semanais de melhor qualidade na escola. Além disso, cinco crianças serão escolhidas anualmente para treinar nas salas de esgrima, "para que acompanhem a mesma trajetória dessas cinco primeiras", 

O Projeto Mosqueteiros é quem doou equipamentos para os treinos delas, que agora passam a ter apoio do CMSP. É uma parceria com muitas frentes. Eles ofereceram materiais, eu forneci tempo e mão de obra, a Academia Paulista de Esgrima cedeu espaço. Para esse ano, a CBE isentou as taxas de inscrições. Isso que eu acho muito bonito, porque cada entidade deu o que podia

O Projeto Esgrima Para Todos, atuante no interior de São Paulo também brilhou no Rio de Janeiro, nas disputas de espada, conquistando seis medalhas no total, com destaque para os títulos de Guilherme Dubiel, Maria Ulian e Yasmin Barros, além dos pódios conquistados por Giovana Komatsu e Mariana Gondo (veja lista abaixo).


Atletas multimedalhistas em duas armas

menino de cabelos longos, uniforme azul do pinheiros e com medalha de ouro
(foto: divulgação / Confederação Brasileira de Esgrima - CBE)


Dentre os principais nomes individuais do torneio está Joaquim Pelúcio que ganhou três medalhas (foto acima). O atleta do Pinheiros já havia sido ouro no sabre sub-11 e prata no sabre sub-13 e decidiu disputar espada também, e saiu com a medalha de ouro no sub-11.  

Pedro Nogueira levou dois ouros no torneio nacional pré-cadete para atletas com menos de 15 anos, vencendo os torneios de florete e espada, com direito a vitória sobre o primo Heitor Nogueira na final da espada. "Eu jogava florete e vim jogar um pouquinho de espada para me divertir e deu certo até. Meus planos estão jogar Olimpíada e Mundial". Sem ranking nacional, ele venceu os três melhores cabeças presentes rumo ao título, incluindo o líder Rafael Ribeiro na semi, e o primo Heitor, 3º melhor do país. 

Quarto no ranking do sub-15 no florete, Nogueira teve campanha perfeita na arma que foi disputada nesta terça-feira (7): venceu o líder Felipe Galleazzi nas quartas por 15-13, o vice-líder Theo Cholfe na semi por 15-10, antes de uma final super estudada diante do 3º colocado Guilherme Viana, encerrada por tempo, quando Nogueira estava a frente por 13-12.



Confira todos os medalhistas

Torneio Nacional Pré-Cadete


Espada feminino sub-15

Ouro: Maria Ulian (PEPT Esgrima Para Todos - SP)
Prata: Mariana Gondo (PEPT Esgrima Para Todos - SP)
Bronze: Laura Correia (CAP Paulistano - SP)
Bronze: Vitória Macedo (BTC Barroca - MG)

Espada masculino sub-15
Ouro: Pedro Nogueira (CAP Paulistano - SP)
Prata: Heitor Nogueira (CAP Paulistano - SP)
Bronze: Matheus Brandt (ECP Pinheiros - SP)
Bronze: Rafael Ribeiro (SSJE São Jorge - SP)

Florete feminino sub-15
Ouro: Livia Matos (GNU Náutico União - RS)
Prata: Manuela Tapajos (ECP Pinheiros - SP)
Bronze: Ana Beatriz Fraga (ECP Pinheiros - SP)
Bronze: Isadora Quadros (GNU Náutico União - RS)

Florete masculino sub-15
Ouro: Pedro Nogueira (CAP Paulistano - SP)
Prata: Guilherme Vianna 
Bronze: Theo Cholfe (ECP Pinheiros - SP)
Bronze: Guilherme Lobo (CGB Betancourt - SP)

Sabre feminino sub-15
Ouro: Júlia Improta (CMSP São Paulo - SP)
Prata: Camila Vieira (CAP Paulistano - SP)
Bronze: Valentina Castilho (ECP Pinheiros - SP)
Bronze: Ana Beatriz Fraga (ECP Pinheiros - SP)

Sabre masculino sub-15
Ouro: Érico Patto (ECP Pinheiros - SP)
Prata: Arthur Wolff (Lindóia Tênis Clube - RS)
Bronze: Lucas Schubert (Lindóia Tênis Clube - RS)
Bronze: Antonio Vieira (CAP Paulistano - SP)


Torneio Nacional Infantil Mestre Pereira


Espada feminina sub-11
Ouro: Yasmin Barros (PEPT Esgrima Para Todos - SP)
Prata: Giovana Komatsu (PEPT Esgrima Para Todos - SP)
Bronze: Sophia Asquino (LQ Life Quality - SP)
Bronze: Ana Laura Grosso (CGB Betancourt)


Espada masculina sub-11
Ouro: Joaquim Pelucio (ECP Pinheiros - SP)
Prata: José Santos (CAP Paulistano - SP)
Bronze: Octavio Ghilardi (ECP Pinheiros - SP)
Bronze: Guilherme Goivinho (LQ Life Quality - SP)

Espada feminina sub-13
Ouro: Manuela Tapajos (ECP Pinheiros - SP)
Prata:Vitória Macedo (BTC Barroca - MG)
Bronze: Lais Rossa (AMK Mestre Kato - PR)
Bronze: Giovana Komatsu (PEPT Esgrima Para Todos - SP)

Espada masculina sub-13
Ouro: Guilherme Dubiel (PEPT Esgrima Para Todos - SP)
Prata: Bernardo Bicalho (ECP Pinheiros - SP)
Bronze: Luiz Foschini (ECP Pinheiros - SP)
Bronze: Guilherme Maluf (ECP Pinheiros - SP) 

Florete feminino sub-11
Ouro: Sophia Asquino (LQ Life Quality - SP)
Prata: Yuki Wu (SSJE São Jorge - SP)
Bronze: Julia Aoki (ECP Pinheiros - SP)
Bronze: Marina Rocha (GNU Náutico União - RS)

Florete masculino sub-11
Ouro: Alvaro Kalleby (CGB Betancourt - SP)
Prata: Leonardo Tomino (CAP PAulistano - SP)
Bronze: Felipe Reichow (GNU Nautico Uniao - RS)
Bronze: Antonio Teixeira (GNY Nautico União - RS)

Florete feminino sub-13
Ouro: Livia Matos (GNU Nautico União - RS)
Prata: Valentina Basso (ECP Pinheiros - SP)
Bronze: Sophia Asquino (LQ Life Quality - SP)
Bronze: Manuela Tapajos (ECP Pinheiros - SP)

Florete masculino sub-13
Ouro: Luiz Foschini (ECP Pinheiros - SP)
Prata: Gustavo Bueno (ECP Pinheiros - SP)
Bronze: Bernardo Bicalho (ECP Pinheiros - SP)
Bronze: Alvaro Kalleby (CGB Betancourt - SP)

Sabre feminino sub-11 
Ouro: Sophia Asquino (LQ Life Quality - SP) 
Prata: Lais Tosta (CMSP São Paulo - SP) 
Bronze: Ana Luiza Motta (CAP Paulistano - SP) 

Sabre masculino sub-11 
Ouro: Joaquim Pelucio (ECP Pinheiros - SP) 
Prata: Theo Baldin (CMSP São Paulo - SP) 
Bronze: Guilherme Goivinho (LQ Life Quality - SP) 
Bronze: Leonardo Tomino (CAP Paulistano - SP) 

Sabre feminino sub-13
Ouro: Camila Vieira (CAP Paulistano - SP)
Prata: Ana Beatriz Fraga (ECP Pinheiros - SP)
Bronze: Gabriela Ohana (CMSP São Paulo - SP)
Bronze: Laura Quevedo (Lindóia Tênis Clube - RS) 

Sabre masculino sub-13
Ouro: Arthur Wolff (Lindóia Tênis Clube - RS)
Prata: Joaquim Pelucio (ECP Pinheiros - SP)
Bronze: Lucca Asquino (LQ Life Quality - SP)
Bronze: Samuel Oliveira (APE Academia Paulista de Esgrima - SP)


Foto: Rosele Sanchotene / Confederação Brasileira de Esgrima (CBE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário