Com gol da estreante Angelina, Brasil vence Argentina por 3 a 1 em amistoso realizado na Paraíba - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Com gol da estreante Angelina, Brasil vence Argentina por 3 a 1 em amistoso realizado na Paraíba

Compartilhe


Na primeira partida após os Jogos Olípicos de Tóquio, o Brasil venceu nesta sexta-feira (17) a Argentina, por 3 a 1, em amistoso realizado no Estádio Amigão, em Campina Grande, na Paraíba. A seleção marcou com Debinha, Nycole e a estreante Angelina (foto acima). As argentinas descontaram com Bonsegundo


Esse foi o primeiro dos dois jogos contra a Argentina visando a preparação para a Copa América de 2022, torneio que garante vagas para a Copa do Mundo FIFA de 2023 para as três melhores seleções, além de possivelmente ser um torneio pré-olímpico para Paris 2024. O próximo jogo duelo será segunda-feira (20), às 16h, com transmissão da Globo e do SporTV.


O jogo 

As primeiras chances de ambos os times vieram antes dos dez minutos do primeiro tem em jogadas de bola parada. Primeiro com as argentinas colocando a bola na área e Letícia afastando, e depois com Duda cabeceando a bola por cima do gol. 


Os primeiros 15 minutos foram dos times se estudando e de dificuldade para a seleção brasileira tocar a bola no campo de defesa. Tanto Brasil quanto Argentina não criaram grandes chances nos minutos seguintes, mas as portenhas acabaram perdendo a meia Preininger após dividida com Ludmilla


Foi a brasileira quem aos 37 minutos que invadiu a área pelo lado direito, cortou a marcação e tocou no meio pra Debinha abrir o placar. Quatro minutos depois, Ludmilla tentou marcar o seu mas acabou chutando em cima da goleira Correa. Duda ainda fez o segundo, mas a arbitragem viu impedimento e o jogo foi pro intervalo com 1 x 0 no placar.


Antes do segundo tempo começar, Pia colocou Nycole, Geyse e Katrine no lugar de Marta, Ludmilla e Tamires. Logo aos quatro minutos, Nycole fez o  primeiro gol da seleção deslocando a goleira Correa e colocando a bola no canto esquerdo da rede. 


Com 13 minutos, Debinha cobrou falta buscando Érika, que por sua vez tocou para Angelina, livre de marcação, fazer o terceiro e coroar a estreia da atacante pela seleção. Pouco depois Ary Borges e Thaís entraram no lugar de Debinha e Duda. 


A Argentina então começou a buscar mais o seu gol e exigiu uma defesa a queima roupa de Letícia em finalização de Cometti. Aos 28, Bonsegundo invadiu a área e bateu cruzado, descontando para a seleção portenha.


Pia fez sua última substituição tirando Kerolin e colocando Victória Albuquerque. Aos 40, Nycole quase fez o segundo dela, chutando a bola na travessão, na última boa chance do Brasil no jogo.  


Foto em destaque: Talita Gouvêa/ CBF

Nenhum comentário:

Postar um comentário