Velocista de Belarus forçada a deixar Tóquio quer competir pela Polônia - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Velocista de Belarus forçada a deixar Tóquio quer competir pela Polônia

Compartilhe

 


A velocista belarrussa Krystsina Tsimanouskaya disse em entrevista a RBK TV que planeja ficar em Varsóvia,  na Polônia, e mudar a sua cidadania esportiva para competir sob bandeira polonesa. A atleta ficou em evidência durante os Jogos Olímpicos de Tóquio, por ser forçada a voltar para seu país por após fazer reclamar de seus treinadores em uma rede social.

Tsimanouskaya recebeu um passaporte humanitário para ficar na Polônia e planeja cumprir a quarentena obrigatória de três anos, para que esteja apta para competir representando a bandeira do país que a acolheu.

“Eu irei representar a Polônia, mas Belarus é ainda minha casa, eu retornarei para lá de novo e de novo”, disse a corredora.

Foto: Reuters Twitter/ Pavel Latushka

Nenhum comentário:

Postar um comentário