Revezamento 4x100m masculino do Brasil não avança para a final dos Jogos Olímpicos - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Revezamento 4x100m masculino do Brasil não avança para a final dos Jogos Olímpicos

Compartilhe

O Brasil avançou para a final do revezamento 4x100m masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O quarteto formato por Rodrigo Nascimento, Felipe Bardi, Derick Silva e Paulo André Camilo terminou em quinto lugar na sua bateria e está eliminado de Tóquio 2020.

O Brasil começou com Rodrigo Nascimento na primeira curva passando para Felipe Bardi em oitavo lugar. A passagem seguinte para Derick Silva foi melhor, com o corredor melhorando na curva. Na reta final, Paulo André fez força mas terminou no quinto lugar com 38.34. A vitória na bateria foi da Jamaica com 37.82. Com a posição, os brasileiros teriam que torcer para que a segunda semifinal fosse mais fraca para avançarem por tempo.

Mas para azar dos brasileiros, a segunda semifinal foi muito forte. Com exceção da Turquia que foi desqualificada, todas as equipes fizeram tempos mais rápidos que o do Brasil. A vitória na bateria foi decidida no photo finish, com China e Canadá fazendo o mesmo tempo: 37.92. O desempate veio com a separação dos tempos nos milésimos de segundo, com os chinses fazendo 37.916 contra 37.918 dos canadenses.
Photo Finish da segunda semifinal do 4x100m masculino - Foto: Divulgação/COI

Além do Brasil, outra equipe que era candidata ao pódio ficou de fora. Os Estados Unidos estavam bem na segunda semifinal, entrando na reta final na briga pelas primeiras posições. Mas Cravon Gillespie não fechou bem e a equipe terminou em sexto lugar, ficando atrás de países que quebraram seus recordes nacionais como Itália e Gana.

Classificados para a final:
Jamaica 37.82
China 37.92
Canadá 37.92
Itália 37.95
Grã- Bretanha 38.02
Alemanha 38.06
Gana 38.08
Japão 38.16

Foto de capa: Phil Noble/Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário