Lara Lima termina em 7º na categoria 41kg do halterofilismo paralímpico

Lara Lima está com a mão na barra, deitada e pronta para erguer o halter

A brasileira Lara Aparecida de Lima terminou na sétima colocação na final da categoria até 41kg do halterofilismo nas Paralimpíadas de Tóquio. Ela teve apenas uma tentativa válida e ficou com a marca de 88kg. A vencedora foi a chinesa Guo Linglink, que ergueu 109kg e bateu o recorde mundial.

Ao todo, dez halterofilistas participaram da prova, mas duas saíram zeradas. Lara conseguiu levantar os 88kg logo em sua primeira marca e chegou a aparecer na quinta colocação. Na segunda rodada, tentou 92kg, mas falhou. No tudo ou nada na busca do pódio, ela aumentou a pedida para 96kg na terceira chance, mas também não obteve êxito.

Guo Lingling, da China, venceu com larga vantagem. Ela teve duas tentativas válidas entre as três regulares: na primeira, já bateu o recorde paralímpico, com 105kg. Depois, passou 108kg e finalizou com 109kg. A prata ficou com Ni Nengah Widiasih, da Indonésia, com 98kg. A venezuelana Clara Sarahy Monasterio fechou o pódio, com 97kg.


Foto de capa: Alê Cabral/CPB

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024?

Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os jogos in loco.

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Postar um comentário

To Top