Kelvin Hoefler, Felipe Gustavo e FIlipe Mota, de apenas 14 anos, se classificam para a final da etapa de Salt Lake City da SLS - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Kelvin Hoefler, Felipe Gustavo e FIlipe Mota, de apenas 14 anos, se classificam para a final da etapa de Salt Lake City da SLS

Compartilhe
Kelvin Hoelfer de boné, camisa e shorts azul na pista de skate com as mãos na cintura e fone de ouvido


Os brasileiros Kelvin Hoefler, Felipe Gustavo e o novato Filipe Mota se classificaram nesta sexta (27) para a final da etapa de Salt Lake City da SLS, o Circuito Mundial de skate street. Kelvin foi o terceiro com 24.5 e Felipe o quarto com 23.2, já Filipe de 14 anos foi o oitavo com 21.5 pontos. Os dois se destacaram nas manobras individuais e disputarão o título no sábado às 20h. 


Se classificaram também o português Gustavo Ribeiro, o norte-americano Nyjah Huston, ambos os únicos a conseguir alcançar a nota 9 na disputa. Os outros três finalistas são os estadunindenses Jamie Foy, Chris Joslin e Alex Midler. Lucas Rabelo, Carlos Ribeiro e Luan Oliveira foram os brasileiros que ficaram nas semifinais.


Kelvin não foi bem na volta e fez apenas 2.5. Sabendo que precisaria ir com tudo nas tricks, ele começou marcando 7.4 em switch stance feeble e fez 8.5 na segunda com uma manobra difícil encaixando o eixo no corrimão. Ele finalizou em grande estilo com um reverso pontuado em 8.6, se classificando para a final.



Presente na Olimpíada de Tóquio, Felipe Gustavo deixou o skate sair de seu pé duas vezes durante sua volta e foi para as tricks com 3.2 de partida. Com um flip seguido de um nose, ele fez 7.7 na primeira manobra e com um nosegrind ele marcou 8.0 na terceira. Bochecha ainda somou 7.5 com uma manobra no corrimão de concreto e teve no total 23.2 pontos.


Filipe Mota, com apenas 14 anos, estreou na SLS com um 2.9 na volta. Na sua segunda tentativa, ele acertou um flip blend e recebeu 8.2. Na terceira ele fez uma manobra de backside e marcou 7.9. Ele finalizou com um boardslide pontuado em 5.4 e irá para sua primeira final na elite do skate street.



Lucas Rabelo cometeu duas falhas na sua volta e ficou com 3.4 na primeira etapa. Com um fake ollie e um nose no corrimão, o brasileiro marcou 8.5 na sua primeira manobra e somou mais 7.9 com um 270º slipslide na terceira tentativa, totalizando 19.8.


Carlos Ribeiro foi o 15º com 3.0 na fase da volta, 7.8 na primeira manobra (Switch stance) e 8.2 na terceira de base trocada, somando 19 pontos.


Campeão mundial em 2015, Luan Oliveira retornou as competições após um ano fora e acabou na 16ªcolocação, marcando 18.6 pontos, 4.0 na sua volta e 7.6 nas manobras, com um switch flip, e 7.0 com flipando por cima do corrimão.


As finais masculina (20h) e feminina (17h) terão transmissão do SporTV 3 e do YouTube da SLS.


Surte+: Confira como foi a semifinal feminina com classificação de Rayssa Leal e de Pamela Rosa


Foto em destaque: Jonne Roriz/ COB 

Nenhum comentário:

Postar um comentário