Grã-Bretanha, Bulgária e Turquia levam ouro no penúltimo dia do boxe em Tóquio - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Grã-Bretanha, Bulgária e Turquia levam ouro no penúltimo dia do boxe em Tóquio

Compartilhe
O boxeador britânico Galal Yafai conquistou seu primeiro ouro olímpico em Tóquio

Além do Brasil com Hebert Conceição, outros três países conquistaram ouros no boxe neste sábado (07), no penúltimo dia de disputas da modalidade na Olimpíada de Tóquio. A Grã-Bretanha triunfou com Galal Yafai no peso mosca masculino, a Bulgária venceu com Stoyka Krasteva no mosca feminino e a Turquia teve Busenaz Surmeneli no alto do pódio entre as meio-médias.

Yafai derrotou na final o filipino Carlo Paalam, por decisão dividida, 4:1. O britânico venceu o primeiro round por 5:0 e o segundo por 4:1 e, mesmo tendo sido derrotado por unanimidade no último assalto, saiu com o triunfo. Quatro juízes lhe deram 29-28 e apenas um concedeu 29-28 ao filipino. Os bronzes da categoria (até 52kg) foram para o cazaque Saken Bibossinov e o japonês Tanaka Ryomei.

Já entre as mulheres, na disputa até 51kg, Krasteva derrotou a turca Buse Naz Cakiroglu por decisão unânime para ficar com o ouro. Atual vice-campeã mundial, a búlgara dominou a luga e levou vitória de 30-27 de quatro juízes, e 29-28 do outro. Os bronzes desse peso ficaram com a japonesa Namiki Tsukimi e a taiwanesa Hsiao-Wen Huang.

Lutadoras de Turquia e China se enfrentando no boxe olímpico

Com duas finais no dia, a Turquia não deixou escapar o outro ouro. Campeã mundial, Surmeneli confirmou o favoritismo e derrotou a chinesa Gu Hong por 3:0 na categoria até 69kg. Hong foi advertida pela arbitragem e perdeu um ponto no segundo round, mas nada que alterasse significativamente o resultado. Os bronzes foram para a estadunidense Oshae Jones e a indiana Lovlina Borgohain.

Restam apenas quatro disputas para serem concluídas do boxe na Olimpíada de Tóquio. Todas as finais ocorrerão neste domingo (08), a partir das 02h, no horário de Brasília. A brasileira Bia Ferreira fará a primeira luta do dia, enfrentando a irlandesa Kellie Harrington pela decisão da categoria até 60kg.

Com nove categorias já concluídas, Cuba é quem lidera o quadro de medalhas da modalidade. O país faturou três ouros e um bronze e pode conquistar um quarto título neste domingo, com Andy Cruz (63kg). O Brasil tem um ouro, com Hebert Conceição (75kg), e um bronze, com Abner Teixeira (91kg), além de já ter uma terceira medalha assegurada, com Bia Ferreira.


Fotos: Luis Robayo/REUTERS

Nenhum comentário:

Postar um comentário