Ditador do Turcomenistão premia Polina Guryeva, primeira medalhista olímpica do país - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Ditador do Turcomenistão premia Polina Guryeva, primeira medalhista olímpica do país

Compartilhe

Polina Guryeva mostra prêmio recebido pelo presidente do Turcomenistão

*Com Rafael Petrini

Primeira medalhista olímpica da história do Turcomenistão em Jogos Olímpicos, Polina Guryeva, recebeu três  presentes do comitê olímpico do país em uma cerimônia especial realizada em Ashgabat, capital do país.

Polina foi medalhista de prata do levantamento de pesos em Tóquio na categoria até 59kg, e recebeu das mãos de Serdar Berdimuhamedov, filho e herdeiro-aparente do ditador do país e presidente do comitê olímpico local, Gurbanguly Berdimuhamedov, três caixas brancas em uma cerimônia luxuosa.

Dentro de uma caixa havia a chave de um apartamento em Ashgabat, considerada a cidade mais cara do mundo para expatriados viverem, de acordo com a firma Mercer. Na segunda caixa havia a chave de um carro de luxo e na terceira e última caixa, havia cinquenta mil dólares em espécie.

A atleta de 21 anos foi responsável pelo feito histórico de hastear a bandeira do Turcomenistão em um pódio olímpico. Outros turquemenos já conquistaram medalhas em Jogos Olímpicos, seja representando a União Soviética, como Marat Nyyazow, medalhista de prata no rifle três posições em Roma 1960, ou ainda naturalizados, caso de Daniyar Ismaylov, levantador de pesos, medalhista de prata nos 69kg pela Turquia.

A cerimônia que aconteceu neste último domingo (22), foi amplamente noticiada pela imprensa local. Veja trechos do evento:



 

Foto: AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário