Com vitórias históricas, Tóquio 2020 conhece os classificados para a semifinal do basquete feminino - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Com vitórias históricas, Tóquio 2020 conhece os classificados para a semifinal do basquete feminino

Compartilhe


Com uma das melhores partidas da história do Basquete feminino, a fase de quartas de final dos Jogos Olímpicos de Tóquio terminaram na manhã desta quarta-feira (4) no Brasil. O Japão derrotou a Bélgica por 86 a 85 e avançou até a semifinal. 


Até o último quarto, a Bélgica liderava por 68 a 61, com a seleção japonesa chegando a perder por até nove pontos. Faltando 16 segundos para o final do jogo, Saki Hayashi acertou uma bola de três pontos e deu a vitória para o Japão. A derrota foi um duro golpe para a dupla Emma Meesseman e Kim Mestdagh que fizeram juntas 49 pontos. Já a vitória do Japão coroou o bom desempenho de Maki Takada, Rui Machida e Yuki Miyazawa que marcaram 50 pontos e 18 assistências.


O adversário do Japão é a equipe da França. As francesas bateram a Espanha por 67 a 64 em uma partida duríssima. Apesar do time espanhol ficar atrás do placar por boa parte do jogo, as espanholas retomaram a ponta no último quarto graças a cesta de três de Maite Cazorla faltando menos de cinco minutos para o final.


Sofrendo muitas faltas, a França conseguiu virar o jogo por conta de lances livres e abriu três pontos de vantagem faltando 11 segundos. A própria Cazorla teve chance de levar a partida para prorrogação, mas o arremesso não caiu e viu a vaga ficar com as francesas. O destaque das vencedoras Marine Johannes com 18 pontos, enquanto Astou Ndour fez um double-double com 16 pontos e 11 rebotes.


A Sérvia conseguiu uma vitória impressionante diante da China. Após um primeiro tempo parelho de vitória europeia por 35 a 33, as chinesas tomaram o controle do jogo no período seguinte e abriram 11 pontos de vantagem ao estarem na frente por 58 a 49. 


Porém, as bolas não caíram nos primeiros minutos do último quarto e a Sérvia conseguiu voltar a frente do placar, ainda que por pouco tempo até o marcador mostrar empate em 70. Novamente, a China não conseguiu marcar pontos até o final do jogo, enquanto o time sérvio foi recebendo faltas e marcando os lances livres, conseguindo o resultado por 77 a 70.


O único jogo mais tranquilo das quartas de final foi a vitória dos Estados Unidos contra a Austrália por 79 a 55. Com um time mais forte que o adversário, as americanas chegaram a abrir 29 pontos de diferença e ficava claro que era questão de tempo para garantir sua vaga na semifinal. 


A ala-armadora Breanna Stewart foi a maior destaque do time americano. Com 23 pontos e uma precisão de 80% nos arremessos (8 de 10), ela também ajudou na defesa com cinco rebotes defensivos e quatro assistências, sendo determinante para o resultado.


Fotos: FIBA



Nenhum comentário:

Postar um comentário