Com o tempo de Tóquio 2020, Alison dos Santos seria ouro em todas as Olimpíadas anteriores - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Com o tempo de Tóquio 2020, Alison dos Santos seria ouro em todas as Olimpíadas anteriores

Compartilhe
Júlio César Guimarães/COB

Os 400m com barreiras conquistado por Karsten Warholm, nesta terça-feira (3), foi a prova mais forte de todos os tempos da categoria. Com o tempo de 45.94, o recorde mundial foi reduzido em quase um segundo pelo norueguês. O brasileiro Alison dos Santos, terceiro colocado com 46.72, além de bater o recorde sul-americano, seria medalha de ouro em qualquer outra Olimpíada. Esta foi sua melhor marca na carreira.

O menor tempo antes de Tóquio tinha sido de Kevin Young, campeão em Barcelona 1992, com 46.78. À época, o estadunidense bateu o recorde mundial. Com este resultado, Piu, como é conhecido Alison, venceria o recordista e levaria o lugar mais alto do pódio. 

Nas Olimpíadas do Rio, em 2016, os 400m com barreiras teve como vencedor Kerron Clement, dos Estados Unidos, com 47.73. Um segundo a mais que o tempo registrado por Alison no Japão. Quatro anos antes, em Londres, a lenda dominicana Félix Sánchez conquistou sua segunda medalha de ouro com 47.63. Tempo ainda superior ao feito por Piu.

O fenômeno Karsten Warholm conseguiu não apenas o campeonato olímpico, como bater novamente seu próprio recorde mundial. No começo do mês de julho, ele bateu o recorde da distância, 46s70, que estava em poder de Kevin Young desde as Olimpíadas de 1992.

CONFIRA OS TEMPOS DESDE 1980

1980 - Volker Beck (Alemanha Ocidental): 48.70
1984 - Edwin Moses (Estados Unidos): 47.75
1988 - Andre Phillips (Estados Unidos): 47.19 Recorde Olímpico
1992 - Kevin Young (Estados Unidos): 46.78 Recorde Mundial
1996 - Derrick Adkins (Estados Unidos): 47.54
2000 - Angelo Taylor (Estados Unidos): 48.70
2004 - Félix Sánchez (República Dominicana): 47.63
2008 - Angelo Taylor (Estados Unidos): 47.25
2012 - Félix Sánchez (República Dominicana): 47.63
2016 - Kerron Clement (Estados Unidos): 47.73
2020 - Karsten Warholm (Noruega): 45.94 Recorde Mundial


Nenhum comentário:

Postar um comentário