Alison dos Santos conquista o bronze nos 400 metros com barreiras; Warholm bate recorde mundial


O Brasil conquistou sua décima primeira medalha nos Jogos Olímpicos de Tóquio. E o protagonista da vez foi Alison dos Santos, que em uma prova fortíssima conquistou a medalha de bronze baixando pela primeira vez na carreira os 47 segundos, marcando o tempo de 46.72, terceiro melhor tempo da história da prova. O ouro ficou com o norueguês Karsten Warholm, que com  o tempo de 45.94 baixou em quase um segundo o recorde mundial que era dele próprio.


Alison largou mal, mas foi crescendo ao longo da prova. Na primeira metade já estava em quinto e assumiu a quarta posição após 300 metros. Nos 100 metros finais, o brasileiro ultrapassou o catari Abderrahman Samba e cruzou a linha de chegada em terceiro, atrás apenas do norueguês Warholm e do estadunidense Rai Benjamin, que ficou com a prata, com o tempo de 46.17.


Esta é a primeira medalha do Brasil na história da prova. Além disso, o país volta a conquistar uma medalha em provas de pista no atletismo desde o bronze conquistado pelo revezamento 4 x 100 metros feminino em Pequim 2008.


Foto: Júlio César Guimarães/COB

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024?

Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os jogos in loco.

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Postar um comentário

To Top