Brasil encerra primeiro dia do judô paralímpico sem vitórias - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil encerra primeiro dia do judô paralímpico sem vitórias

Compartilhe
Karla Cardoso e Thiego Marques estão abraçados durante treinamento em Hamamatsu

O Brasil não fez uma boa estreia do judô paralímpico em Tóquio 2020. Os dois representantes do país que competiram nesta sexta-feira (27), Thiego Marques (60kg) e Karla Cardoso (52kg), perderam em suas lutas de estreia e deixaram a competição sem medalhas. Karla chegou a ir para a repescagem, mas foi derrotada pela russa Alesia Stepaniuk.

Dona de duas medalhas paralímpicas, a experiente Karla ficou de bye na primeira rodada e fez sua estreia já nas quartas de final. Ela perdeu para a alemã Ramona Brussig, com dois waza-aris, que tornaram-se ippon. Ainda assim, a brasileira foi encaminhada para a repescagem, onde encontrou Stepaniuk e foi dominada. Ela sofreu um waza-ari logo no início da luta e tomou um ippon no final.

Na categoria até 60kg, Thiego Marques foi eliminado na sua primeira luta na contra o japonês Hirai Takaaki. O brasileiro começou melhor na luta, encaixando um golpe que lhe rendeu um waza-ari. Mas um minuto depois, Hirai também conseguiu um waza-ari e na sequência, imobilizou o brasileiro, conseguindo o ippon.

As disputas do judô seguem na noite desta sexta-feira (no Brasil), no Nippon Budokan. O Brasil contará com dois atletas: Harlley Damião (81kg) e Lúcia Araújo (57kg). As competições da modalidade serão encerradas no domingo (29), com os pesos pesados.

Foto: Ale Cabral/CPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário