Após desistência do Chile, Conmebol anuncia que Libertadores feminina será no Paraguai - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Após desistência do Chile, Conmebol anuncia que Libertadores feminina será no Paraguai

Compartilhe

A Conmebol (Confederação Sul-americana de Futebol) anunciou nesta sexta (13) que a Libertadores Feminina deste ano que seria disputada no Chile, será realizada no Paraguai, entre os dias 3 e 18 de novembro. Os chilenos desistiram de sediar a competição por conta da mudança de regulamento, com a final da competição passando a ser disputada em jogo único em Montevidéu (URU), dia 21 de novembro.


O torneio terá todas as suas partidas até a semifinal no Paraguai e os dois finalistas viajarão para o Uruguai para a grande decisão. Isso desagradou a Federação chilena de futebol, que queria que toda a competição fosse disputada no país, levando o país a desistir de sediar o principal campeonato de clubes de futebol feminino na América do Sul.

 

O objetivo da Conmebol com essa mudança é transformar as decisões dos seus torneios principais - Libertadores masculina e feminina e Copa Sul-Americana masculina - em um grande evento unificado, na mesma cidade. No dia 20 de novembro será realizada a final da Copa sul-americana; No dia 21 será a vez da libertadores feminina e no dia 23, da masculina. As decisões do futebol masculino serão realizadas no Estádio Centenário enquanto a final da Libertadores feminina ainda terá o seu local definido na capital uruguaia.


A Libertadores Feminina será disputada por 16 equipes. O Brasil será representado por três equipes: Ferroviária, atual campeã da competição, Corinthians, campeão brasileiro, e Avaí/Kindermann, vice. O Paraguai, como nova sede, ganhou mais um participante, e terá três clubes na competição. Já o Chile terá apenas dois times na disputa do título. O sorteio e a tabela da Libertadores serão anunciados em breve pela Conmebol.


Foto: Twitter/Conmebol

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário