Robert Scheidt e Patrícia Freitas mantêm regularidade no segundo dia da vela em Tóquio-2020 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Robert Scheidt e Patrícia Freitas mantêm regularidade no segundo dia da vela em Tóquio-2020

Compartilhe

Os velejadores brasileiros Robert Scheidt e Patrícia Freitas competiram novamente em águas japonesas na madrugada desta segunda-feira (26, tarde, no Japão), pelas respectivas disputas da Laser e da RS:X, nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Ele está em oitavo lugar após três regatas, enquanto ela é a 11ª após cinco corridas.


Em sua primeira regata, Patrícia manteve a constância apresenta no dia anterior, colocando-se no meio do pelotão. Ela teve um bom início e chegou a ficar na oitava posição, mas perdeu um pouco o ritmo e fechou em 11º.


Na segunda corrida, a brasileira voltou a mostrar a sua estabilidade na competição, mantendo-se por toda a regata no meio do pelotão. O início não foi muito bom, com uma 17ª colocação, mas ela teve uma pequena recuperação e fechou no 12º lugar. Na última do dia, Patrícia repetiu o que vinha apresentando nas regatas anteriores e terminou a prova na 10ª colocação. 


Com os resultados até este momento, Patrícia é a 11º colocada na classificação geral, com 50 pontos perdidos após cinco provas. Ela se distancia um pouco das brigas por medalhas. A líder é a francesa Charline Picon, com 14 pontos perdidos, seguida pela britânica Emma Wilson e a chinesa Lu Yunxu, com 14 e 16, respectivamente.


Robert, por sua vez, teve um início difícil na sua primeira regata do dia. Ele teve problemas de posicionamento durante a chegada da primeira marca, precisou pagar algumas punições e cruzou em 31º lugar na segunda marca. Contudo, o experiente velejador brasileiro conseguiu uma incrível recuperação e fechou a regata na 10ª posição.


Em sua segunda, e última, regata do dia, Robert mostrou por que é um dos melhores velejadores do mundo. Com uma excelente largada, o atleta brasileiro cruzou na 1ª colocação, na primeira marca da prova. Durante toda a regata, Robert se manteve nas primeiras posições, alternando entre a terceira e sexta colocações. No final, cruzou a linha de chegada na 4ª posição.


Com estes resultado, o Scheidt aparece na 8ª colocação geral da classe Laser masculina, com 14 pontos perdidos. O líder é o finlandês Kaarle Tapper, com apenas cinco pontos perdidos, seguido pelo croata Tonci Stipanovic, com nove pontos. Pavlos Kontides, do Chipre, fecha o pódio parcial após as três primeiras regatas, também com 9.


Foto de capa: Daniel Varsano/COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário