Pliskova vira contra Sabalenka em Wimbledon e tentará primeiro título de Grand Slam na carreira - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Pliskova vira contra Sabalenka em Wimbledon e tentará primeiro título de Grand Slam na carreira

Compartilhe

Pela segunda vez na carreira, Karolina Pliskova terá a chance de vencer um Grand Slam. A tenista tcheca de 29 anos e ex-número 1 do mundo, bateu nesta quinta-feira (8), a belarussa Aryna Sabalenka de virada, pelo placar de 5-7, 6-4 e 6-4, em um jogão de 1h53 na segunda semifinal de Wimbledon.

As parciais foram muito equilibradas, mas Pliskova conseguiu se apenas sobressair nos últimos dois sets. No primeiro, Sabalenka sacou muito bem, fez nove pontos de saque e foi mais decisiva ao arrancar uma quebra de serviço no 12º game do primeiro set, para vencer por 7-5, após salvar quatro break points no game anterior. No intervalo entre as parciais, a belarussa colocou uma toalha cobrindo a cabeça, parecendo tentar controlar as emoções acusadas pelo jogo. 

Mas a partir disso, o domínio foi da tenista da República Tcheca, que quebrou de zero o serviço da adversária no quinto game do segundo set. Com cinco aces na parcial e nove pontos a mais, Pliskova venceu o segundo set, forçando a disputa da terceira parcial. 

Logo no primeiro game, Pliskova novamente quebrou o serviço de Sabalenka, que passou os games seguintes tentando pressionar a adversária tcheca. Sem ceder break points e sacando de forma muito sólida (disparou mais quatro aces), Pliskova venceu mais uma parcial e carimbou sua vaga para a final de Wimbledon, onde encara a australiana, atual número 1 do mundo, Ashleigh Barty

Apesar Pliskova ter vencido 97 pontos, nove a mais que Sabalenka, foi a belarussa que terminou o jogo com mais winners (38). Nos erros não-forçados a diferença foi pequena, (17 de Pliskova e 20 de Sabalenka) mas fundamental nos pontos decisivos. 

A única vez que Pliskova disputou uma final de Grand Slam foi no US Open de 2016, quando foi derrotada por Angelique Kerber. 

Foto: Reprodução/Twitter Wimbledon 

Nenhum comentário:

Postar um comentário