Luisa Stefani anuncia parceria com canadense Gabriela Dabrowski, após lesão de Hayley Carter - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Luisa Stefani anuncia parceria com canadense Gabriela Dabrowski, após lesão de Hayley Carter

Compartilhe

A tenista brasileira Luisa Stefani (23ª) anunciou nesta segunda-feira (12), que a canadense Gabriela Dabrowski, atual número 14 no ranking individual de duplistas, será sua parceira nos próximos torneios da temporada 2021. A companheira habitual de Luisa, a estadunidense Hayley Carter, sofreu uma lesão no pé durante a disputa do Torneio de Wimbledon e precisará passar por um período de tratamento, que deverá retirá-la das quadras até o fim deste ano. 

"A Hayley está com uma lesão no pé e me disse que infelizmente não vai poder jogar o resto da temporada. Senti muito por ela, nunca é fácil ter lesão, mas esse tipo de coisa acontece na nossa profissão e temos que nos adaptar. Vou continuar mandando boas energias para recuperação dela e espero que fique saudável logo. Por outro lado estou animada pra encaixar alguns torneios de simples e também de jogar com a Gaby (Dabrowski) nessa próxima gira. Já jogamos juntas ano passado e foi um ótimo torneio, além de ser uma grande amiga fora das quadras. Vamos que vamos", disse Luisa em um comunicado. 

Luisa Stefani e Gabriela Dabrowski foram vice-campeãs do WTA 500 de Ostrava, na República Tcheca, em 2020. 

Luisa anuncia calendário até o US Open 

A tenista paulistana definiu seu calendário nos próximos meses dentro do circuito da WTA. Fora dos Jogos Olímpicos de Tóquio, Luisa disputará o WTA 125 de Charleston, no saibro verde, a partir de 26 de julho, entrando no qualifying de simples. Em seguida, ela parte para San Jose, na Califórnia, onde joga um torneio nível WTA 500 nas duplas.

Nas semanas seguintes ela fará uma importante sequência de eventos nas duplas: os WTA’s 1000 de Montreal, no Canadá, país de Dabrowski e Cincinnati, nos Estados Unidos. Luisa ainda jogará o WTA 250 de Cleveland, apenas em simples, para depois partir para o último Grand Slam do ano, o US Open, em Nova York, nas duplas.

Foto: Marcelo Stefani/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário