Dois atletas testam positivo para Covid-19 na Vila Olímpica - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Dois atletas testam positivo para Covid-19 na Vila Olímpica

Compartilhe

 


A organização dos Jogos de Tóquio-2020 confirmou neste domingo (18) dois casos de coronavírus em atletas residentes da Vila Olímpica. Agora, já são três casos registrados no local, o primeiro foi de um funcionário. Todos os infectados já foram colocados em isolamento e estão sob observação da equipe médica do evento. Nenhuma das identidades foram reveladas


Atualização da 01h: A organização confirmou que são dois atletas da mesma delegação e do mesmo esporte.


Atualização das 15h: Os atletas são Thabiso Monyane e Kamohelo Mahlatsi, ambos da seleção de futebol masculino da África do Sul.


Segundo informações da organização, os dois são atletas estrangeiros. Outro atleta testou positivo, porém seu caso foi notificado logo na sua chegada ao país. O COI (Comitê Olímpico Internacional) já chegou a afirmar que a vila seria o lugar "mais seguro" de Tóquio. Mais sete casos relacionados aos Jogos foram registrados no sábado, com eles, já são 55 casos desde 1 de julho.


Após o registro do primeiro caso no local, o presidente do COI, Thomas Bach,  disse que os Jogos serão seguros e que confia nos protocolos feitos para o evento. 


"Será o evento mais restrito de todos os tempos. Há testes rigorosos e muito ações de contenção. Apenas 0,1% dos participantes testou positivo até agora. Os Jogos vão acontecer e serão seguros para todos" disse Bach em entrevista coletiva.


A infecção de um oficial da delegação de refugiados, deixou a equipe presa em Doha, no Qatar. O resto do time testou negativo, mas eles ainda não tem data para um novo embarque.


"Fui informado nesta tarde que não houve contato próximo estabelecido. Os membros do time estão sendo testados diariamente e sob supervisão de especialistas médicos. Tudo foi feito para aplicar as regras na medida mais rigorosa. Eles vão decidir se e quando esses atletas e oficiais poderão viajar. Estou muito confiante de que veremos a equipe de refugiados aqui em Tóquio" falou Bach ao ser questionado sobre o assunto.


Neste sábado, foi registrado o maior número de casos novos desde janeiro, 1410. Este já é o quarto dia consecutivo que o registro de novas infecções fica acima de mil. 


Foto em destaque: Kyodo News




Nenhum comentário:

Postar um comentário