COB reforça ações de educação e prevenção ao doping no ciclo olímpico - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

COB reforça ações de educação e prevenção ao doping no ciclo olímpico

Compartilhe


Ao longo do ciclo olímpico, o COB, através da área de Educação e Prevenção ao Doping, trabalhou para disseminar informações relevantes aos atletas para ajudar no combate ao uso de substâncias proibidas. Foram diversas palestras, seminários, cartilhas, vídeos e posts que contribuíram para elevar a cultura antidoping no país. A área cumpre o papel de orientação aos agentes esportivos e trabalha em alinhamento total com as diretrizes da Agência Mundial Antidoping (WADA) e a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), a quem cabe a coordenação das operações antidoping no país.

“Entre os propósitos da área está a integração das ações de educação e prevenção de doping aos cursos de formação de treinadores do Instituto Olímpico Brasileiro, o braço de educação do COB, bem como ao Transforma, programa de promoção dos Valores Olímpicos do COB, para fazer a educação antidoping chegar às gerações mais jovens. A proteção do espírito e dos valores olímpicos é a mola propulsora desta iniciativa do COB, e se alinha aos valores da entidade”, afirmou Rogério Sampaio, diretor-geral do COB.

Entre as principais realizações da área desde a sua criação, em 2018, estão o lançamento da Política Antidoping do COB, em dezembro de 2020, e a inclusão dentro do Programa Gestão, Ética e Transparência (GET) da entidade. “A partir disso reforçamos a todas as Confederações Brasileiras Olímpicas o compromisso de prevenir o doping em seus esportes e fortalecemos a campanha #Jogolimpo da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem”, destacou Christian Trajano, gerente de Educação e Prevenção ao Doping do COB, que também exaltou a aproximação e elaboração de Termos de Cooperação Técnica com universidades nacionais e internacionais, associações e conselhos de classes no Brasil, além de outras organizações antidoping ao redor do mundo.

Seja no alto rendimento ou nas divisões de base, a área de Educação e Prevenção ao Doping do COB procurou estar sempre em contato com os atletas. Palestras, seminários e reuniões foram uma constante desde a criação desta gerencia, em outubro de 2018, por iniciativa do presidente da entidade, Paulo Wanderley. Em uma parceria com a área de Desenvolvimento Esportivo do COB, a temática antidoping é tema obrigatório para todos os projetos aprovados para os jovens talentos do esporte nacional.

Agora, a preparação está voltada para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Através do Programa Esporte Seguro, a área Educação e Prevenção ao Doping estará na Vila Olímpica e na base de Chuo. Nos locais, darão suporte aos atletas e departamento médico do Time Brasil no que diz respeito a Autorizações de Uso Terapêutico, consulta à Lista Proibida da Wada e interlocução com as equipes de controle de doping dos Jogos, além de assessoramento ao chefe de missão, Marco La Porta, como interlocutores com o Comitê Olímpico Internacional para o assunto.

A tecnologia é uma forma eficaz de disseminar as informações sobre o combate ao doping. Uma das ferramentas utilizadas para a divulgação das ações da gerência de Educação e Prevenção ao Doping é o site do COB, que possui uma editoria específica para o assunto. Lá estão concentradas todas as informações e documentos sobre o tema, com conteúdo acessíveis, ampla seção de perguntas e respostas, galeria de vídeos e grande biblioteca de documentos. O canal do Youtube do Time Brasil também possui uma lista exclusiva para os vídeos educativos da área.


“Estamos mais equipados para o novo ciclo também. Temos um site com conteúdo aberto e de fácil compreensão. Estamos convertendo em vídeo-animações todo o conhecimento antidoping, tornando palatável o consumo de conteúdo educacional sobre um tema tão técnico. Mas há muito espaço para evolução e embarcamos para Tóquio com a cabeça no ciclo Paris 2024 e em todos os demais grandes eventos que o Time Brasil participará até lá”, projetou Christian Trajano.

Foto: COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário