China perde a terceira e se complica no vôlei feminino; Itália, Sérvia e EUA seguem invictos - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

China perde a terceira e se complica no vôlei feminino; Itália, Sérvia e EUA seguem invictos

Compartilhe


Atual campeã olímpica no vôlei feminino, a China tem enfrentado grandes dificuldades no Grupo B dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Depois de derrotas para Estados Unidos e Turquia, a equipe chinesa perdeu para o Comitê Olímpico Russo por 3 sets a 2 (17-25, 25-23, 25-20, 25-27 e 12-15) e se complicou na briga por uma vaga nas quartas-de-final.

O jogo foi um dos mais emocionantes do torneio olímpico até agora. Depois de saírem na frente, as russas sofreram a virada e chegaram ao quarto set perdendo por 2 a 1. Em uma parcial emocionante, conseguiram vencer por 27 a 25 e levar o jogo para o tie-break. No set decisivo, mostraram muita frieza para fechar o jogo em 3 sets a 2.

As jogadoras de extremidade foram determinantes para o triunfo do Comitê Olímpico Russo. O destaque vai para a jovem Arina Fedorotseva, de apenas 17 anos, que marcou 28 pontos na partida. Já a experiente Nataliya Goncharova anotou 27, enquanto Irina Voronina fez 26. Do lado chinês, Yingying Li também fez 27 pontos, enquanto a estrela Ting Zhu terminou com 17 acertos.

Com a derrota, a China está na quinta posição no grupo B, com três derrotas em três jogos. Agora, precisa vencer Itália e Argentina para seguir com chances de se classificar para as quartas-de-final. Já o Comitê Olímpico Russo venceu a segunda na competição e está em terceiro

A líder da chave é a Itália, que segue invicta depois de vencer a Argentina sem sustos por 3 sets a 0 (25-21, 25-16 e 25-16). No outro jogo da chave, os Estados Unidos sofreram para vencer a Turquia. As americanas chegaram a abrir 2 a 0, mas cederam o empate e precisaram buscar o jogo no tie-break. As parciais foram de 25-19, 25-20, 17-25, 20-25 e 15-12.

Grupo A tem Sérvia líder e Brasil 99% garantido nas quartas

Pelo grupo do Brasil, a Sérvia venceu Quênia por 3 sets a 0 (25-21, 25-11 e 25-20). A oposta Boskovic, que vinha sendo o grande nome das europeias no torneio, marcou 7 pontos na partida. A vitória foi a terceira das sérvias, o que as coloca na liderança do grupo, com 1 ponto a mais que o Brasil.

Considerando os demais resultados da rodada, a vitória do Brasil sobre o Japão classificou o país virtualmente para as quartas-de-final. Só uma combinação quase impossível de resultados deixaria a seleção de fora, incluindo uma derrota para Quênia, que é improvável.

Por fim, a Coreia do Sul venceu a República Dominicana por 3 sets a 2 (25-20, 17-25, 25-18, 15-25 e 15-) e encaminhou sua vaga nas quartas-de-final. As caribenhas precisam vencer Quênia e Japão para seguirem com possibilidades de avançar.

Confira os confrontos da próxima rodada:

21:00 de sexta-feira (30) - República Dominicana x Quênia

23:05 de sexta-feira (30) - Estados Unidos x Comitê Olímpico Russo

02:20 de sábado (31) - Argentina x Turquia

04:25 de sábado (31) - Brasil x Sérvia

07:40 de sábado (31) - Japão x Coreia do Sul

09:45 de sábado (31) - China x Itália

Foto: Reprodução/FIVB

Nenhum comentário:

Postar um comentário