Chaves do boxe em Tóquio-2020 são divulgadas; Veja quem os brasileiros enfrentam - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Wanderson de Oliveira, boxe do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio

A Força-Tarefa do Boxe (BTF) divulgou nesta quinta-feira (22) as chaves dos torneios olímpicos da modalidade nos Jogos de Tóquio. O Brasil conta com sete atletas, sendo quatro homens e três mulheres, três deles cabeças de chave. O boxe estreia no programa da Olimpíada já na noite brasileira desta sexta-feira (23) e vai até o último dia do megaevento, em 08 de agosto.

Os cabeças de chave brasileiros são Jucielen Romeu (57kg), Beatriz Ferreira (60kg) e Hebert Conceição (75kg). Destes, Bia é a maior esperança de medalha, sendo favorita ao ouro em sua categoria. Ela é atual campeã mundial e líder do ranking. De bye na primeira rodada, estreia já nas oitavas contra Wu Shih-Yi, de Taiwan, ou Agnes Alexiusson, da Suécia, em 30 de julho, às 05h.

Bia só enfrentará a irlandesa Kellie Harrington, que é sua principal ameaça na disputa, em uma possível final, que está marcada para acontecer em 08 de agosto. Nas quartas, a brasileira terá a uzbeque Raykhona Kodirova ou a congolesa Naomie Yumba. Caso avance até a semifinal, Bia pode enfrentar a sul-coreana Oh Yeonji, a finlandesa Mira Potkonen ou a francesa Maiva Hamadouche.

Hebert também só estreará nas oitavas, em 29 de julho, às 05h. Seu adversário será o vencedor do confronto entre o chinês Tuoheta Erbieke e o indiano Ashish Kumar. Vencendo, cruzará com o cazaque Abilkhan Amankul, o uzbeque Fanat Kakhramonov ou o georgiano Giorgi Kharabadze valendo a medalha de bronze (os semifinalistas já garantem pódio no boxe). A final do peso médio ocorre em 07 de agosto.

Assim como os compatriotas, Jucielen entra na segunda rodada. Ela, porém, deu azar no sorteio e poderá enfrentar a britânica Karriss Artingstall, uma das candidatas ao pódio, logo na estreia. Sua primeira luta acontece na segunda-feira (26), às 07h39. Vencendo, enfrenta a coreana Im Aeji ou a austríaca Skye Nicolson por um lugar no pódio. A final da categoria até 57kg está marcada para 03 de agosto.

Entre os outros quatro brasileiros que também competirão em Tóquio, o primeiro a estrear vai ser Wanderson de Oliveira, na categoria até 63kg. Ele vai enfrentar Wessam Salamana, do Time Olímpico de Refugiados, no domingo (25), às 07h06. Ele poderá cruzar com o cubano Andy Cruz em uma possível ida às quartas de final (precisará vencer duas lutas até chegar lá).

O peso pesado Abner Teixeira (75kg)fará sua estreia na terça (27), às 06h18, contra o britânico Cheavon Clarke, candidato ao pódio. Em caso de vitória, estará nas quartas e possivelmente cruzará com o equatoriano Juan Castillo, vice-campeão mundial em 2019 e cabeça de chave número 3 da categoria.

O jovem Keno Marley Machado, medalhista nos Jogos Olímpicos da Juventude de 2018, é mais um brasileiro a entrar de bye. Ele lutará nas oitavas contra Shabbos Negmatulloev, do Tajiquistão, ou o chinês Chen Daxiang, na madrugada próxima quarta (28), às 02h12. Vencendo, cruzará com o egípcio Abdelrahman Abdelgawwad, o britânico Benjamin Whittaker ou colombiano Jorge Palacios, valendo uma medalha.

Por fim, Graziele Sousa estrará na quinta-feira, 29 de julho, às 07h24. De bye na primeira rodada, vai encarar ou a japonesa Namiki Tsukimi ou a ugandense Catherine Nanziri. Se passar, estará nas quartas e deve cruzar com a colombiana Ingrit Valencia ou a indiana Mery Kom, duas candidatas à medalha.


Foto de capa: Miriam Jeske/COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário