Carminha Oliveira e Vanderson Chaves ficam entre os 16 melhores no primeiro dia da Copa do Mundo de Esgrima em Cadeira de Rodas - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Carminha Oliveira e Vanderson Chaves ficam entre os 16 melhores no primeiro dia da Copa do Mundo de Esgrima em Cadeira de Rodas

Compartilhe


Os dois primeiros brasileiros em ação na Copa do Mundo de Esgrima em Cadeira de Rodas pararam no quadro de 16, no início das disputas. Nesta quinta-feira (8), em Varsóvia, na Polônia, Carminha Oliveira terminou em décimo lugar na prova de espada feminino A, enquanto Vanderson Chaves terminou em 15° no sabre masculino B. Ambos voltam a entrar em ação na sexta-feira, assim como Jovane Guissone e Mônica Santos. Esta é a primeira competição internacional paralímpica da modalidade desde o início da pandemia. Os quatro brasileiros estão classificados para os Jogos Paralímpicos de Tóquio.

Carminha disputou sua principal arma nesta quinta-feira. Iniciou na pule 2 e venceu dois confrontos, diante da polonesa Kinga Drozdz e da britânica Gemma Collis-Mccann, ambos por 5 a 4. Perdeu outros dois jogos, para a russa Evgeniia Sycheva (4 a 5) e para a ucraniana Yevheniia Breus (2 a 5). Terminou com a nona melhor campanha e enfrentou, no quadro de 16, a bielorrussa Aliona Halkina, caindo por 10 a 6.

“A Carminha iniciou com a arma principal. Ela chegou apenas ontem e iniciou logo de manhã, sem adaptação ao fuso. Isso atrapalhou um pouco. Não foi bem nos dois primeiros combates, mas depois ajustou o jogo e foi melhor. Mas serve como experiência para observar as adversárias que vão aos Jogos Paralímpicos”, disse Ivan Schwantes, chefe da equipe brasileira em Varsóvia.

Vanderson não jogou com sua arma principal nesta quinta-feira, mas conseguiu um resultado satisfatório. No sabre masculino B, ele conseguiu duas vitórias na pule 3: contra o israelense Matoko Rada (5 a 0) e contra o russo Timur Khamatshin (5 a 2). Foi batido pelos franceses Maxime Valet (2 a 5) e Yohan Peter (1 a 5), e pelo grego Panagiotis Triantafyllou (0 a 5). No quadro de 16, caiu para o russo Albert Kamalov, por 15 a 4.

“Me senti bem. Saí na primeira eliminatória. Consegui soltar meu jogo, ficar tranquilo, mesmo sendo uma competição onde não vieram todos os atletas, por causa da pandemia. Mas creio que fiz uma boa competição. Não foi o resultado que eu esperava, mas é uma arma que não treino muito”, disse o atleta.

Segundo dia de disputas na Polônia

A Copa do Mundo de Esgrima em Cadeira de Rodas continua nesta sexta, com Vanderson Chaves jogando o torneio de sua arma principal, o florete masculino B. Carminha Oliveira volta a atuar pelo florete feminino A.

Outros dois brasileiros estreiam na competição. Jovane Guissone disputa o torneio masculino de florete B, enquanto Mônica Santos vai jogar o torneio feminino de florete B.

Foto: Marco Antônio Teixeira e Arquivo Pessoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário