Brasil goleia a China na estreia do torneio olímpico de futebol feminino - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil goleia a China na estreia do torneio olímpico de futebol feminino

Compartilhe


O Brasil estreou com goleada no torneio olímpico de futebol feminino de Tóquio-2020. A seleção emplacou 5 a 0 na China, na manhã desta terça-feira (21), em partida disputada em Miyagi. Marta fez dois gols, enquanto Debinha, Andressa Alves e Bia Zaneratto anotaram um cada. O estádio tinha liberação de até 10 mil pessoas nas arquibancadas, porém poucas pessoas comparecem ao evento. 


A seleção brasileira dominou as ações do jogo, vencendo com tranquilidade. A China chegou a mandar três bolas na trave e exigir duas grandes defesas de Bárbara. Ao todo, foram 18 finalizações brasileiras, sendo nove no alvo. Com os gols, Marta tornou-se a primeira jogadora de futebol a anotar um gol em cinco edições distintas de Jogos Olímpicos.


O próximo jogo do Brasil é no sábado (24), ainda em Miyagi, contra os Países Baixos, que estreia às 08h desta terça contra a seleção da Zâmbia. A equipe verde e amarela lidera momentaneamente o grupo F.


O Jogo

A China chegou em cobrança de falta no primeiro minuto, sem muito perigo. O Brasil chegou com quatro minutos em bola na área com Marta, que cercada pela marcação não conseguiu chutar. Aos nove, Debinha cabeceou uma bola no travessão, Bia perdeu a disputa pelo rebote e Marta pegou a sobra para abrir o placar para o Brasil.


Após controlar o meio-campo, evitando a ida da equipe chinesa ao ataque, a seleção ampliou com Debinha aos 20 minutos. Após finalização de Bia Zaneratto, a goleira bateu roupa e a atacante do North Carolina pegou o rebote marcando 2 a 0. Com o Brasil controlando bem a partida, Bárbara só precisou fazer uma boa defesa no primeiro tempo, após chute de fora da área de Siwen.


No inicio do segundo tempo, foi mais uma vez a China quem chegou primeiro, desta vez com perigo. Shanhsan foi lançada de frente pro gol e Bárbara saiu no pé da atacante pra ficar com a bola. Aos seis minutos, a atacante chinesa chutou na trave esquerda e Siwen mandou o rebote para fora.


Aos 13, foi a vez do Brasil ameaçar, com Debinha girando e batendo forte para defesa de Shimeng. A bola ainda bateu no travessão e a defesa chinesa mandou para escanteio. A seleção asiática deu mais um susto em Bárbara exigindo uma defesa difícil da goleira, evitando o gol com as pontas dos dedos, fazendo a bola bater mais uma vez na trave.


Depois de momentos de sufoco, o Brasil saiu para o jogo na metade do segundo tempo. A equipe respondeu com Bia Zaneratto batendo cruzado para defesa da goleira chinesa em duas oportunidades. Aos 28, Marta marcou seu segundo gol na partida em chute de primeira, no canto, sem chances de defesa.


Com 31 minutos, a China quase fez um gol de cobertura, mas Bárbara conseguiu evitar e no rebote um toque de cabeça fez a seleção brasileira ser salva pela trave mais uma vez, três no total. Aos 35, Andresa Alves foi derrubada na área e a árbitra marcou pênalti. A própria Andressa bateu no canto esquerdo da goleira e fez 4 a 0 no placar. A jogadora inicialmente estava na lista de suplentes e acabou beneficiada pela liberação da inclusão nas 18 iniciais.


Bia Zaneratto fechou a contagem aos 43 minutos do segundo tempo, após receber cruzamento de Debinha e de carrinho marcar. O Brasil ainda tentou o sexto aos 47, mas a defesa chinesa conseguiu afastar. 


FICHA TÉCNICA:

Brasil: Bárbara; Bruna Benites, Érika, Rafaelle, Tamires; Duda (Andressa Alves), Formiga (Júlia Bianchi), Andressinha, Marta (Ludmilla); Bia Zaneratto e Debinha.

China: Shimeng; Qingtong, Guiping, Xiaoxue, Mengwen; Yan (Wurigumula), Lina, Shuang, Xin; Siwen (Jing), Shanshan

Local: Miyagi

Gols: Marta (08/1ºT); Debinha (21/1ºT); Marta (28/2ºT); Andressa Alves (36/2ºT) e Bia Zaneratto (43/2ºT).


Foto em destaque: Sam Robles/CBF

Nenhum comentário:

Postar um comentário